Com chance de título nos EUA, Hamilton lidera 1º treino livre em Austin

Por Estadão Conteúdo
Lewis Hamilton - Clive Rose/Getty Images
Com chance de título nos EUA, Hamilton lidera 1º treino livre em Austin

Com chance de se sagrar campeão da temporada da Fórmula 1 já no domingo, o inglês Lewis Hamilton deu nesta sexta-feira o primeiro passo rumo ao título neste fim de semana. Exibindo grande ritmo, o piloto da Mercedes liderou o treino livre que abriu o GP dos Estados Unidos, em Austin.

O alemão Sebastian Vettel, contudo, manteve a disputa quente ao cravar o segundo melhor tempo no Circuito das Américas. O piloto da Ferrari pode impedir o título antecipado de Hamilton se chegar ao menos na quinta colocação na corrida de domingo, mesmo que o rival vença a prova.

Para tanto, o alemão deverá ter muito trabalho pela frente. Hamilton tem amplo domínio na corrida norte-americana. Ele venceu nada menos que quatro das cinco corridas já disputadas em Austin. E a intimidade com a pista pôde ser confirmada nesta sexta, quando ele anotou o tempo de 1min36s335. Foi, assim, mais de meio segundo mais veloz que Vettel, com seu 1min36s928.

Ambos marcaram seus melhores tempos com os pneus supermacios, que passaram a ser utilizados pela maior parte dos pilotos na metade do treino. No começo, quase todos optaram pelos intermediários em razão do tempo nublado e da pista ligeiramente molhada. Com o passar do tempo, a pista secou. Mas, nos instantes finais da sessão, uma leve chuva voltou a cair.

No início do treino, o brasileiro Felipe Massa chegou a liderar, de forma surpreendente, com os intermediários. Mas logo caiu na tabela de tempos. O piloto da Williams, que tenta mostrar serviço para se garantir na equipe em 2018, acabou a sessão na sexta posição, com 1min37s570.

Companheiro de Hamilton na Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas anotou 1min36s979 e ficou com o terceiro tempo. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, (1min37s339) foi o quarto mais veloz, seguido pelo belga Stoffel Vandoorne, da McLaren (1min37s352). Sem reproduzir o mesmo rendimento de Vettel, o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, anotou apenas o sétimo lugar (1min37s598)

A dupla da Force India vem logo em seguida. O francês Esteban Ocon (1min37s808) foi o oitavo colocado, enquanto o mexicano Sergio Pérez (1min37s861) registrou o nono tempo. E o espanhol Carlos Sainz Jr, estreando com o carro da Renault após deixar a Toro Rosso, fechou o Top 10, com 1min38s093.

Sem o piloto da Espanha, a Toro Rosso contou com o indonésio Sean Gelael na sessão. Ele marcou o 17º tempo, com 1min40s406. Não foi o único estreante da equipe na pista. Seu companheiro de equipe foi o neozelandês Brendon Hartley, no 14º posto, com 1min39s267. A equipe terá na corrida Hartley e o russo Daniil Kvyat, que fará seu retorno ao time neste GP.

O único piloto a não registrar tempo nesta primeira sessão foi o espanhol Fernando Alonso, que não foi para a pista por conta de problemas técnicos em sua McLaren. O bicampeão mundial anunciou a renovação do seu contrato com a equipe até 2018, na quinta-feira.

O segundo treino livre do GP dos Estados Unidos está marcado para as 17 horas (horário de Brasília). No sábado, a sessão classificatória será as 19 horas. E, no domingo, a largada está agendada para as 17 horas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo