Medina e Mineirinho estreiam com vitória em etapa do Taiti

Daniel Smorigo/ WSL
Medina e Mineirinho estreiam com vitória em etapa do Taiti
Por: Estadão Conteúdo

Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho, estrearam com vitória na abertura da etapa do Taiti do Circuito Mundial de Surfe. Apesar da maré baixa e das ondas ainda pouco empolgantes em Teahupo’o, eles venceram suas baterias e garantiram vaga direta na terceira fase. Já Filipe Toledo foi batido na estreia e terá que disputar a repescagem neste início de disputas na Polinésia Francesa, no meio do Oceano Pacífico.

Mineirinho caiu na água antes de Medina. E, mesmo diante de condições pouco favoráveis, o campeão mundial de 2015 obteve 8,77 e superou o australiano Bede Durbidge (3,63) e o norte-americano Nat Young (6,27). Mineirinho é o mais brasileiro mais bem colocado na temporada, figurando em quinto lugar antes do início desta sétima etapa das 11 previstas no calendário.

Com ondas maiores, ainda que medianas, Medina foi para a água em melhor situação. E não decepcionou onde já venceu em 2014, ano em que se sagrou campeão mundial. Anotou 14,06 em sua bateria e desbancou o compatriota Caio Ibelli (6,50) e o australiano Stuart Kennedy (8,60). Assegurou, assim, lugar na terceira fase.

Já Filipe Toledo, campeão da etapa passada, em Jeffreys Bay, foi superado logo na estreia. Ele obteve 8,33 e ficou atrás do australiano Adrian Buchan, com 14,33. Porém, ficou à frente do compatriota Miguel Pupo, com 5,27. Ambos vão disputar a repescagem logo na sequência da etapa.

Em dia mais inspirado, Italo Ferreira e Ian Gouveia conquistaram vaga direta na terceira fase, assim como Medina e Mineirinho, ao vencer sua série. Com 12,50, Ferreira bateu os australianos Owen Wright, com 9,40, e Josh Kerr, com 7,57. Gouveia, por sua vez, cravou 15,00 e despachou o local Michel Bourez (10,67) e o português Frederico Morais (9,56).

Os demais brasileiros seguiram o caminho de Filipinho, rumo à repescagem. Primeiro a cair na água nesta sexta, Jadson André obteve 8,30, contra 10 do australiano Joel Parkinson e 7,50 do francês Jeremy Flores. Wiggolly Dantas registrou 7,10 e caiu diante do australiano Matt Wilkinson, líder da temporada, com 7,33, e diante do local Taumata Puhetini, com 7,13.

Atual campeão mundial, o havaiano John John Florence não decepcionou nas ondas cavadas de Teahupo’o. Anotou 14,90 e superou o conterrâneo Ezekiel Lau (10,93) e o espanhol Aritz Aranburu (9,37). Outros a avançar diretamente à terceira fase foram o francês Joan Duru, os australianos Julian Wilson e Connor O’Leary e o norte-americano Kolohe Andino.

A etapa do Taiti não conta com a presença do norte-americano Kelly Slater, atual campeão da etapa. O multicampeão mundial sofreu uma fratura no pé na África do Sul e só deve voltar a competir na etapa de Trestles, na Califórnia. As disputas na costa oeste americana estão marcadas para começar no dia 6 de setembro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo