Mesada de Cunha daria para pagar toda da dívida do Flamengo

Por Tercio Braga

De acordo com depoimento do dono da JBS, Joesley Batista, à Procuradoria-Geral da República (PGR), o presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB), autorizou o pagamento de propina para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, que está preso em Curitiba. Os valores são astronômicos: o ex-presidente da Câmara dos Deputados estava recebendo R$ 500 mil por semana. No acordo, Cunha deveria ganhar um total de R$ 480 milhões em um período de 20 anos.

Nem é preciso dizer que este valor ajudaria muitos clubes do futebol brasileiro. Com R$ 2 milhões por mês, ou R$ 480 milhões em 20 anos, dá para contratar reforços, acertar com aquele técnico renomado, pagar dívidas ou até mesmo construir um estádio. A título de comparação, para permanecer calado, Cunha ganhava por mês mais de três vezes que Tite, o técnico da Seleção Brasileira. O Portal da Band fez um levantamento sobre o que daria para o seu time fazer com apenas esta pequena parcela do dinheiro de corrupção que circula pelo Brasil.

Pagar três vezes o salário de Tite

tite.jpg

Desde que assumiu a Seleção no ano passado, Tite comandou a equipe em nove jogos e segue com 100% de aproveitamento. Pelo trabalho exemplar que faz, o ex-técnico do Corinthians recebe R$ 600 mil por mês. Cunha, da cadeia, recebia R$ 2 milhões a cada 30 dias. O ex-deputado também recebe mais que o alemão Joachim Löw, atual campeão do mundo, cujos vencimentos são de R$ 750 mil mensais.

Acertar com o pacotão do Palmeiras

borja-palmeiras.jpg

O elenco do Palmeiras é um dos mais completos do futebol brasileiro. Somente neste ano, o Verdão trouxe o melhor jogador da última Libertadores (Guerra), um dos atacantes mais cobiçados do continente (Borja) e reforços para a zaga (Luan e Juninho), além de algumas promessas. No total, em oito jogadores (os outros são Hyoran, Raphael Veiga, Keno e Fabiano), o Alviverde gastou R$ 87,5 milhões – as outras incorporações vieram de atletas sem contrato. Ou seja, com a grana anual de Cunha, seria possível comprar o pacotão inteiro do Palmeiras e ainda sobraria mais de R$ 30 milhões.

Bancar Felipe Melo + Diego + Robinho + Jô

jo-corinthians.jpg

Já pensou em um time com Felipe Melo como volante, Diego na armação e uma dupla de ataque formada por Robinho e Jô? Parece sonho, mas se sua equipe tivesse os R$ 2 milhões mensais que Cunha recebia de propina, seria possível montar um time desses. O palmeirense recebe R$ 350 mil, o flamenguista tira R$ 600 mil por mês, o atleticano ganha R$ 500 mil e o corintiano fatura R$ 350 mil. Somados, os salários chegam a R$ 1,8 milhão. Como alguns deles têm bônus por partida disputada, é bom ter uma “folguinha” de R$ 200 mil.

Construir um estádio

estadio.jpg

Cunha não conseguiria construir um Allianz Parque ou uma Arena Corinthians, mas sua mesada seria suficiente para fazer um estádio. O uruguaio Peñarol, por exemplo, inaugurou no ano passado sua nova casa, com capacidade para 47 mil torcedores. No total, o Estádio Campeón del Siglo custou R$ 146 milhões. O montante equivale a seis anos da propina autorizada por Temer.

Pagar toda a dívida do Flamengo

eduardo-cunha-flamengo.jpg

Eduardo Cunha é um flamenguista assumido. Se quisesse realizar um ato em benefício ao time do coração, ele poderia pagar toda a dívida do clube, que é de R$ 469 milhões. Afinal, em 20 anos, a previsão era que o ex-deputado recebesse R$ 480 milhões em propina. Sobrariam até uns R$ 10 milhõeszinhos de troco.

Loading...
Revisa el siguiente artículo