Pelé pode deixar a UTI na noite de segunda-feira; hemodiálise é suspensa

Por Carolina Santos
Pelé retornou ao hospital após a cirurgia para a retirada de cálculos renais, no último dia 13 | Marco Ambrosio/Folhapress Pelé retornou ao hospital após a cirurgia para a retirada de cálculos renais, no último dia 13 | Marco Ambrosio/Folhapress

A equipe médica que acompanha o tratamento de Pelé acredita que ele vai continuar respondendo positivamente aos medicamentos. Se o quadro continuar evoluindo como o esperado, o ex-jogador de futebol poderá deixar a UTI na noite de segunda-feira.

Pelé está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O Rei do futebol, que está com 74 anos, foi hospitalizado na última segunda-feira para tratar uma infecção urinária. A situação exige um cuidado ainda maior porque ele tem apenas um rim – o outro precisou ser retirado quando Pelé ainda jogava futebol.

O tratamento de hemodiálise do ex-jogador foi suspenso até segunda-feira (1º), quando será reavaliado pela equipe do Hospital Israelita Albert Einstein. De acordo com o boletim médico, divulgado às 10h30 deste domingo (30), o paciente apresenta boa evolução clínica e permanece na unidade de terapia intensiva (UTI). Ele está lúcido e estável do ponto de vista da circulação sanguínea e da condição respiratória.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo