Fernando Prass é denunciado e pode ser punido por 720 dias

Por Tercio Braga
Goleiro Fernando Prass admitiu que já recebeu a chamada Goleiro Fernando Prass admitiu que já recebeu a chamada ‘mala branca’ | Leandro Martins/Futura Press

A Procuradoria do STJD denunciou, nesta sexta-feira, o goleiro Fernando Prass, do Palmeiras, pelas suas declarações de que já recebeu dinheiro de outros clubes para vencer jogos. Caso seja punido, poderá ser suspenso por até 720 dias. A Comissão Disciplinar ainda definirá o dia do julgamento.

Em entrevista coletiva após o treino da última quarta-feira, o arqueiro confirmou que já recebeu uma quantia de outras equipes.

“Se dinheiro garantisse alguma coisa, a gente fazia uma “vaquinha” para ter a garantia de vitória, mas isso não existe. Mas que acontece, acontece. Ganhar prêmio para vencer do seu clube não há problema nenhum. Quase todos pagam premiação por vitória ou objetivos. Se eu já recebi (dinheiro de outro clube) para vencer? Sim”, disse.

Fernando Prass será julgado no STJD por infração ao artigo Art. 238 (Receber ou solicitar, para si ou para outrem, vantagem indevida em razão de cargo ou função, remunerados ou não, em qualquer entidade desportiva ou órgão da Justiça Desportiva, para praticar, omitir ou retardar ato de ofício, ou, ainda, para fazê-lo contra disposição expressa de norma desportiva).

A pena prevista é de suspensão de 360 a 720 dias e multa entre R$ 100 a R$ 100 mil.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo