Jogador de críquete morre após levar bolada na Austrália

Por Carolina Santos
 | Dinuka Liyanawatte/Files/Reuters Phillip Hughes faleceu em hospital em Sidney | Dinuka Liyanawatte/Files/Reuters

O rebatedor Phillip Hughes morreu nesta quinta-feira (27), aos 25 anos, dois dias após ter sido atingido por uma bola na cabeça durante uma partida de críquete em Sydney, na Austrália, seu país natal.

Ele havia sido submetido a uma cirurgia para reduzir a pressão no cérebro, no dia anterior, e estava em coma induzido. Quem confirmou o óbito foi o médico Peter Brukner, do South Australia, equipe pela qual Hughes atuava.

Apesar de não ter seu diagnóstico divulgado, meios de comunicação locais informam que o atleta sofreu fratura no crânio e sangramento de grandes proporções por conta do impacto da bola, que é feita de madeira maciça e revestida de couro.

Hughes sofreu o acidente na terça-feira, durante um jogo da Sheffield Shield, torneio australiano de críquete, quando tentava rebater uma bola arremessada por Sean Abbott, do New South Wales, que o atingiu próximo à região da nuca, onde o capacete não o protegia (assista aqui)

O presidente do South Australia, James Sutherland, lamentou o falecimento do jogador. “É desnecessário dizer que estamos completamente desvastados. A palavra tragédia é usada com frequência no esporte, mas esse acidente é uma tragédia da vida real”, disse.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo