Cristiano Ronaldo iguala recorde de Raúl e dá vitória ao Real Madrid

Por lyafichmann
Cristiano Ronaldo fez seu 71º gol na Liga dos Campeões | Ruben Sprich/Reuters Cristiano Ronaldo fez seu 71º gol na Liga dos Campeões | Ruben Sprich/Reuters

O 71º gol de Cristiano Rolando na Liga dos Campeões foi responsável pela vitória por 1 a 0 sobre o Basel, na Suíça, que manteve o Real Madrid com 100% de aproveitamento após cinco jogos. O português igualou a marca de Raúl e está a três tentos do argentino Lionel Messi, maior artilheiro da história do torneio europeu.

Classificado para a próxima fase, o técnico Carlo Ancelotti aproveitou para fazer algumas mudanças no Real Madrid, como escalar Keylor Navas no gol, Arbeloa e Coentrão nas laterais e montar um esquema ofensivo com apenas Kroos de volante e Isco, James Rodríguez, Bale, Ronaldo e Benzema do meio para frente.

Apesar da superioridade na posse de bola, o Real encontrou dificuldades para criar no primeiro tempo. A melhor chance ofensiva surgiu aos 34 minutos, quando Benzema fez grande jogada pela esquerda e passou para CR7, que só teve o trabalho de empurrar para o gol.

O Basel se lançou mais ao ataque na segunda etapa. Aos 10 minutos, Frei deu ótimo passe para Gashi, que cortou para o meio e finalizou. A bola bateu na mão de Sergio Ramos e saiu pela linha de fundo. O árbitro assinalou apenas o escanteio.

A pressão do time da casa se intensificou aos 21. Embolo deu um longo lançamento para Gashi, que, da entrada da área, arriscou de cabeça e assustou Navas. No minuto seguinte, o Real vacilou na saída de bola e Embolo avançou, passou pelo goleiro, mas o costarriquenho se recuperou e fez grande defesa.

O Real respondeu aos 29 em grande jogada de Bale, que disparou em velocidade, entrou na área e soltou uma bomba no travessão. Aos 31, uma rápida troca de passes entre Coentrão e Bale colocou Ronaldo na cara do gol, mas o português bateu para fora e perdeu a chance de anotar o seu segundo.

Liverpool tropeça e se complica

O Liverpool foi à Bulgária e apenas empatou por 2 a 2 com o Ludogorets. O time da casa saiu na frente aos três minutos, com gol de Abalo, que aproveitou rebote de Mignolet para empurrar para a rede. Os Reds empataram ainda no primeiro tempo. Aos oito, Lambert tirou vantagem de descuido da defesa e marcou de cabeça. Aos 37, Sterling fez jogada com velocidade e passou Henderson finalizar.

No entanto, aos 43 da etapa complementar, Dyakov desviou cobrança de escanteio na primeira trave e Terziev completou dentro da pequena área para igualar o placar.

O empate manteve o Ludogorets vivo na competição. A equipe búlgara e o Liverpool foram a quatro pontos, com vantagem para os ingleses no saldo de gols. Ambos estão a dois do Basel, que permaneceu com seis devido à derrota para o Real. Na última rodada, os Reds recebem a equipe da Suíça em Anfield, enquanto o Ludogorets vai a Madri enfrentar o líder do grupo.

Arsenal vence Borussia e garante classificação

O Arsenal se recuperou do tropeço contra o Anderlecht, quando deixou os belgas empataram a partida após terem aberto três gols de vantagem, na última rodada da Liga dos Campeões e venceu em casa, nesta quarta-feira, o Borussia Dortmund por 2 a 0. O resultado garantiu a classificação dos Gunners para a próxima fase, ainda podendo roubar o primeiro lugar dos alemães.

Os Gunners começaram o jogo a mil por hora, e abriram o placar logo com dois minutos de partida. Após cobrança de lateral, a bola sobrou para o atacante Sanogo marcar o seu primeiro gol em jogos oficiais pelo Arsenal.

A partir daí, o Borussia começou a apertar a saída de bola dos ingleses em busca do empate e conseguiu chegar bem ao ataque algumas vezes, mas o goleiro Martínez não foi obrigado a fazer nenhuma grande defesa. No final da primeira etapa, os alemães ainda tentaram um abafa, sem resultado.

O segundo tempo começou com o Borussia mantendo sua proposta de jogo, mas os alemães acabaram sendo surpreendidos por duas boas jogadas. Aos oito minutos Chamberlain arriscou de longe e mandou no travessão.

Três minutos depois o chileno Alexis Sánchez deixou a sua marca. O atacante recebeu bom passe na entrada da área e finalizou com categoria, no cantinho do goleiro Weidenfeller, que não esboçou reação.

O Borussia ainda tentou diminuir o prejuízo, mas encontrou um Arsenal bem postado, que conseguiu manter o resultado. Os alemães seguem com 12 pontos, na liderança do Grupo D. os Gunners chegaram a dez e são os segundos.

Na outra partida do grupo, o Anderlecht venceu em casa o Galatasaray por 1 a 0 e garantiu a terceira posição na tabela e a classificação para a Liga Europa. Os turcos dão adeus às competições europeias.

Com gol do fim, Zenit elimina Benfica

O Zenit derrotou o Benfica e decretou a eliminação do time português na Liga dos Campeões. Jogando em casa, a equipe russa venceu por 1 a 0 e manteve viva a chance de classificação para as oitavas de final.

Curiosamente, a partida foi decidida por dois jogadores com passagens pelos maiores rivais do Benfica: aos 39 minutos da etapa final, o brasileiro Hulk, ex-Porto, deu ótimo passe para o português Danny, ex-Sporting, que chutou sem chances para Júlio César e marcou o gol da vitória.

Com o resultado, o Zenit chegou aos sete pontos no grupo C, assumindo a segunda colocação provisória com dois pontos a mais que o Monaco. No entanto, os franceses podem recuperar a posição em caso de vitória sobre o líder Bayer Lekerkusen, nesta quarta, fora de casa. O time alemão entrará em campo já classificado.

Já o Benfica, com apenas quatro pontos, luta por uma vaga na Liga Europa, competição da qual é o atual vice-campeão. Para ficar em terceiro, os encarnados precisam vencer o jogo contra o Bayer Leverkusen, no dia 9 de dezembro, e torcer para o Monaco não vencer Leverkusen e Zenit.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo