Seleção de Dunga põe invencibilidade à prova contra Turquia

Por lyafichmann
Dunga não perdeu nenhum jogo após voltar à Seleção | Murad Sezer/Reuters Dunga não perdeu nenhum jogo após voltar à Seleção | Murad Sezer/Reuters

Pela primeira vez após a Copa do Mundo, a Seleção Brasileira do técnico Dunga viverá a real sensação de ser visitante. Nesta quarta-feira, às 16h30 (de Brasília), a equipe enfrenta a Turquia, em Istambul. O amistoso será disputado no estádio Sükrü Saraçoglu, utilizado pelo Fenerbahçe, time que tem o meia Alex, hoje no Coritiba, como um dos maiores ídolos.

Até aqui, a Seleção Brasileira disputou quatro partidas após o trauma da eliminação e o quarto lugar no Mundial. Sob o comando de Dunga, que substituiu Luiz Felipe Scolari, foram quatro vitórias em quatro partidas – contra Colômbia, Equador, Argentina e Japão – em campos neutros nos EUA, China e Cingapura.

Agora, será diferente. A Turquia tem torcedores fanáticos e barulhentos.

“Mas nossos atletas estão acostumados a jogar sob pressão. Jogamos nos EUA, mas com 80% de colombianos”, disse Dunga, referindo-se à sua reestreia à frente da Seleção, quando bateu a Colômbia por 1 a 0 em Miami.

O time terá duas novidades: o goleiro Diego Alves e o atacante Luiz Adriano. Eles substituem, respectivamente, Jefferson, do Botafogo, e Diego Tardelli, do Atlético-MG. Capitão na Copa, o zagueiro Thiago Silva ficará na reserva.

Captura de Tela 2014-11-11 às 20.03.04

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo