Corinthians confirma fim da ‘Era Mano’ em 2015

Por Carolina Santos
Tite é o nome preferido de Gobbi para voltar ao comando | Ale Vianna/Brazil Photo Press/Folhapress Tite é o nome preferido de Gobbi para voltar ao comando | Ale Vianna/Brazil Photo Press/Folhapress

O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, confirmou que o clube não renovará o contrato do técnico Mano Menezes. O motivo é a eleição presidencial no clube, que acontece em fevereiro. O vínculo do treinador vai até 31 de dezembro.

Dessa forma, o Corinthians iniciará a temporada 2015 sem um técnico oficial e assim ficará, ao menos, até a definição do novo mandatário. Membros da comissão técnica, como Sylvinho (auxiliar) e Edu Gaspar (gerente), montariam o elenco e fariam o planejamento para a temporada.

“Por 30 dias, vamos tocar de uma forma até o novo presidente chegar e, com certeza, quando ele chegar, terá o técnico dele”, afirmou Mário Gobbi em entrevista à ESPN.

Embora admita a mudança, o gestor deixou claro que não concorda que a mudança seja o melhor caminho. “Toda vez que eu falo do Mano, o prejudico. Gera uma ciumeira no clube… Se não gostasse do Mano, não o contrataria. Por mim, ele continuava. Nos últimos anos, o Corinthians teve dois técnicos e ganhou tudo. Essa é a fórmula”, garantiu Gobbi.

Roberto de Andrade é o candidato da situação e lutará pelo cargo com Paulo Garcia e Ilmar Schiavenato. Sem Mano, o nome de Tite ganha força para retornar ao clube. Ele é o favorito dos três postulantes.

Depois de empatar com o Palmeiras, o Corinthians volta a campo sábado para enfrentar o Coritiba, às 21h, no Itaquerão, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo