Rússia e Ucrânia não dividirão o mesmo grupo na Copa de 2018, diz Blatter

Por Tercio Braga
Blatter também expressou o seu apoio Blatter também expressou o seu apoio ‘incondicional’ a Moscou | Arnd Wiegmann/Reuters

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou nesta terça-feira que, caso a Ucrânia se classifique para a Copa do Mundo da Rússia, ela não ficará no mesmo grupo dos anfitriões – a não ser que as relações entre Moscou e Kiev melhorem.

A declaração foi dada à emissora “Rossiya 24”, durante uma visita do dirigente ao país-sede do Mundial de 2018. Atualmente, as duas nações enfrentam uma crise política por conta da atuação de rebeldes separatistas pró-Rússia no leste ucraniano.

Os conflitos na região passam por um momento de trégua, embora ambos os lados tenham acusado violações do cessar-fogo nas últimas semanas. Blatter também expressou o seu apoio “incondicional” a Moscou e afirmou que eventuais boicotes – como já foi defendido por políticos ocidentais – não trariam nada de positivo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo