STJD decide que Corinthians não perderá pontos por causa de Petros

Por Tercio Braga
Petros havia sido suspenso por 180 dias | Mauro Horita/ AGIF/ Folhapress Petros havia sido suspenso por 180 dias | Mauro Horita/ AGIF/ Folhapress

O Corinthians ficou livre de perder quatro pontos. Em julgamento realizado na tarde desta segunda-feira, no STJD, no Rio de Janeiro, os procuradores do Tribunal entenderam que o clube não teve culpa pela escalação irregular de Petros contra o Coritiba, e, portanto, mantiveram a pontuação do Campeonato Brasileiro.

Com isso, o Corinthians segue com 53 pontos, na 5ª colocação, empatado em pontos com o Internacional e São Paulo. Ainda cabe recurso para a Procuradoria.

O julgamento foi acompanhado de perto por Internacional e Grêmio, concorrentes diretos a vagas para a Libertadores. Os clubes gaúchos enviaram representantes para conferir a sessão envolvendo o meio-campista do Corinthians.

Petros enfrentou o Coritiba, no dia 3 de agosto, com um novo contrato que ainda não tinha entrado em vigor. A data prevista para o início do vínculo era seguinte à partida. O Corinthians, entretanto, escalou o jogador que tinha situação já descrita como regular pela CBF.

A defesa do clube paulista, feita pelo advogado João Zanforlin. O nome de Petros aparecia no BID. As duas entidades, porém, erraram na validação do segundo contrato do atleta.

A manifestação de Marco Polo Del Nero, presidente da FPF, admitindo erro administrativo no registro do jogador, foi citada pelo advogado do Corinthians no Tribunal.

O Corinthians havia sido denunciado no artigo 214 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), além de multa de até R$ 100 mil.

Loading...
Revisa el siguiente artículo