Marussia e Caterham estão fora do GP dos EUA

Por Tercio Braga
A Marussia marcou seus primeiros pontos em quatro anos de F-1 apenas nesta temporada | Shaun Botterill/Getty Images A Marussia marcou seus primeiros pontos em quatro anos de F-1 apenas nesta temporada | Shaun Botterill/Getty Images

O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, anunciou neste sábado (25) que as escuderias Marussia e Caterham não participarão do Grande Prêmio dos Estados Unidos, no próximo dia 2 de novembro.

Um dos motivos para a ausência são as dificuldades econômicas enfrentadas nos últimos tempos pelas duas equipes. A situação da Marussia se agravou após o acidente com o piloto francês Jules Bianchi, no GP do Japão. Já a Caterham teve sua fábrica fechada na Inglaterra e corre risco de falência.

Com isso, o grip dos EUA, no Texas, terá apenas 18 carros. Esse é o menor número de competidores desde Mônaco em 2005.

Apesar das duas equipes ainda não confirmarem se competirão no GP do Brasil, no fim de semana seguinte, as chances são de que elas também estejam ausentes, já que a logística para as duas provas são feitas juntas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo