Real Madrid impõe derrota histórica ao Liverpool na Liga dos Campeões

Por Tercio Braga

O Real Madrid não tomou conhecimento do Liverpool e aplicou a pior derrota da equipe inglesa em Anfield na história da Liga dos Campeões. A vitória por 3 a 0 – gols de Cristiano Ronaldo e Benzema (dois) – manteve os espanhóis na liderança do Grupo B com 100% de aproveitamento após três jogos. Os Reds estão na terceira posição, com três pontos.

O Real Madrid abriu o placar aos 22 minutos de jogo, com Ronaldo. O português recebeu belo passe de James Rodríguez na área e bateu de direita, sem chances para Mignolet. O gol foi o primeiro do camisa 7 em Anfield e o 70º na Liga dos Campeões. Agora, Ronaldo está próximo de igualar a marca de outro craque merengue, Raúl, que foi às redes em 71 oportunidade no torneio.

Sete minutos depois, o Real marcou novamente. Toni Kroos cruzou na medida para Benzema, que, de cabeça, encobriu o goleiro do Liverpool para anotar belo gol. O francês voltou a marcar aos 40, quando aproveitou confusão na área depois cobrança de escanteio para empurrar para a rede.

O Liverpool só conseguiu levar perigo após estar perdendo por 3 a 0. Aos 42, Allen obrigou Casillas a fazer boa defesa. No minuto fim da primeira etapa, Philippe Coutinho fez boa jogada e arriscou de fora da área, mas a bola acabou carimbando a trave.

No intervalo, Brandon Rogers sacou Balotelli para a entrada de Lallana. No entanto, a mudança surtiu pouco efeito. O Real Madrid passou a esperar o Liverpool na defesa e sair em contragolpes. James, Isco e Cristano Ronaldo tiveram boas chances de ampliar o placar.

Após as entradas de Markovic e Emre Can, os Reds conseguiram a melhor chance da partida. Aos 26, depois de confusão na área do Real, a bola sobrou limpa para Allen, que finalizou para fora.

No outro jogo do grupo, o Ludogorets venceu o Basel por 1 a 0 em casa e subiu para a vice-liderança, com três pontos. Os suíços ocupam a lanterna, com a mesma pontuação.

Atlético de Madri atropela o Malmo

No equilibrado Grupo A da Liga dos Campeões, o Atlético de Madri fez o dever de casa e goleou o Malmo, da Suécia, por 5 a 0. O resultado deixa os atuais vice-campeões na segunda posição da chave, com seis pontos. Já os suecos ocupam a lanterna, com três pontos.

Apesar do favoritismo no confronto, os Colchoneros só conseguiram garantir a vitória no Vicente Calderón na etapa final. Aos 3 minutos, Koke aproveitou bom passe de Arda Turan e abriu o placar.

Aos 16, após cruzamento rasteiro, Mandzukic entrou de carrinho e anotou o segundo. Dois minutos depois, Griezmann marcou o terceiro.

Já aos 44, o zagueiro artilheiro Godín anotou o quarto e Cerci, nos acréscimos, definiu o passeio em Madri.

No outro jogo da chave, o Olympiakos venceu a Juventus por 1 a 0 na Grécia e assumiu a ponta do grupo com os mesmos seis pontos dos espanhóis.

O único gol do jogo foi marcado por Kasami, aos 36 minutos do primeiro tempo.

Esta foi a segunda derrota da atual tricampeã italiana, que ocupa a terceira posição da chave com 3 pontos.

Borussia passeia na Turquia e encaminha vaga

Os times alemães continuam a mostrar sua força na Liga dos Campeões. Após o Bayern atropelar a Roma fora de casa, nesta quarta-feira foi o dia do Borussia Dortmund também passear na casa do adversário. Na Turquia, o clube não tomou conhecimento do Galatasaray e goleou por 4 a 0 sem maiores dificuldades, encaminhando a classificação para o mata-mata da competição.

Apesar da grande festa da torcida em Istambul, com direito a um grande mosaico nas arquibancadas, o Borussia não se intimidou e marcou logo marcou com cinco minutos de jogo. Reus armou o contra-ataque e cruzou para Aubameyang completar para as redes.

Aos 16 minutos os alemães marcaram mais um. Piszczek cruzou da direita e achou Aubameyang que anotou seu segundo gol na partida. O Galatasaray tentou responder com Sneijder, que invadiu a área e tentou simular um pênalti, mas foi advertido com cartão amarelo pelo árbitro.

Aos 30, o Borussia mandou uma bola na trave e dez minutos depois aumentou o placar. Reus marcou um golaço de fora da área encobrindo o goleiro Muslera.

No segundo tempo o Borussia diminiu o ritmo, mas não deixou o Galatasaray assustar o seu goleiro. Com calma, chegou ao quarto gol aos 37 minutos. Ramos tocou na saída de Muslera após boa jogada de Gündogan.

O resultado deixa o Borussia com nove pontos em três jogos, isolado na liderança do Grupo D. em segundo, com seis pontos, está o Arsenal, que conseguiu uma virada nos minutos finais da partida contra o Anderlecht, na Bélgica. Belgas e turcos somam apenas um ponto.

Bayer vence Zenit e assume liderança do Grupo C

O Bayer Leverkusen recebeu o Zenit pela terceira rodada da Liga dos Campeões e conseguiu o que queria. Ao vencer a equipe russa por 2 a 0, os alemães assumiram a liderança do Grupo C da competição, deixando o adversário na terceira posição posição.

Os gols saíram apenas no segundo tempo. O italiano Donati abriu o placar aos 12 minutos em um belo chute de fora da área. Cinco minutos depois Papadopoulos deu números finais ao jogo ao marcar de cabeça. O Bayer tem seis pontos agora, contra quatro do Zenit.

Quem está na segunda colocação do grupo é o Mônaco, que recebeu o Benfica, mas não saiu do zero. O empate deixou os monegascos com cinco pontos. O Benfica é o lanterna. Ainda sem vencer na competição, os portugueses pontuaram pela primeira vez.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo