Medina minimiza derrota em Portugal: "título depende de mim"

Por Carolina Santos

Frustrado com a eliminação precoce na etapa portuguesa do Circuito Mundial de Surfe, que acontece em Peniche, Gabriel Medina sabe que só depende de si mesmo para ser o primeiro brasileiro campeão mundial, na decisão em Pipeline, no Havaí, a partir de 8 de dezembro.

“Estou me sentindo bem, não estou triste. Fui bem na minha bateria, perdi para o Brett Simpson por 0,44 (12.50 a 12.06). Acho que vou precisar de um resultado médio (na próxima etapa), dependo de mim e não mais deles. Mesmo se o Kelly (Slater), John John (Florence) ou o Mick (Fanning) ganharem, eu dependo de mim. Tendo um quinto ou nono eu garanto. Então vou me concentrar e treinar bastante, ficar preparo para o Havaí”, explicou o surfista após a eliminação.

Com o resultado deste domingo, o norte-americano Kelly Slater, que também caiu na terceira etapa, continua 6.500 pontos atrás do brasileiro. E só pode ser ultrapassado pelo australiano Mick Fanning, que assumirá a segunda colocação caso vença a etapa portuguesa. Medina precisa esperar os resultados dele, de John John Florence e Michel Bourez, que também podem entrar na briga pelo título, para saber o que precisará fazer para ser campeão na etapa de Pipeline.

Leia também:
Medina e Slater caem na 3ª fase em Portugal a adiam a decisão do título

“É difícil esses momentos em que você perde. Mas sei lá, você pensa no final, já ganhei bastante esse ano, já ganhei três etapas do circuito, tive bons resultados. Se Deus quiser vai dar tudo certo no Havaí, a partir de agora vou treinar bastante. Sei o que eu quero, é isso, a minha fé é a última que morre. Então, vou tentar até o último”, continuou Medina.

Enquanto espera a etapa havaiana que acontece de 8 a 20 de dezembro, o surfista de 20 anos revelou seus próximos passos. Depois de retornar ao Brasil, ele disputará o Prime de Maresias, onde mora, entre os dias 3 e 9 de novembro.

“Vou um pouco antes (para o Havaí) para poder treinar. Vou competir o Prime de Maresias, e depois do Prime vou para o Havaí. Tenho bastante tempo para treinar. Vai dar para tomar bastante caldo e ficar preparado”, completou.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo