Santos vence por 3 a 1 e Palmeiras segue sem ganhar clássico

Por Tercio Braga

O Santos está mais perto do grupo da Libertadores e o Palmeiras da zona do rebaixamento. Essa é a situação das equipes depois da vitória alvinegra por 3 a 1 no Pacaembu, em jogo válido pela 29º rodada do Campeonato Brasileiro, com dois gols de Gabriel e um de Geuvânio. Henrique diminuiu.

O forte calor não inibiu a velocidade e a disposição das duas equipes. Em casa e incentivado pela torcida que foi em peso ao estádio – 33 mil torcedores – o Palmeiras tomou conta das ações ofensivas.

Em cima do adversário, o Verdão cansou de perder oportunidades. Com o aniversariante Valdivia comandando o time, o alviverde teve chance de abrir o placar. O próprio Mago, o atacante Henrique e o volante Wesley tiveram nos pés as bolas que poderiam colocar os donos da casa em vantagem. Nem um deles fez.

O Santos, que apostava no veloz ataque para sair em contra-golpes, não chegava a assustar a meta de Fernando Prass. Isso até os 38 minutos, quando Geuvânio recebeu livre na esquerda, invadiu a área e mandou para o fundo do gol. O Verdão sentiu o golpe e o Peixe não demorou para se aproveitar disso e ampliar. Três minutos depois, Lucas Lima bateu falta com rapidez e achou Mena, que cruzou para Gabriel só escorar para as redes.

Na etapa complementar, o Santos entrou disposto a decidir o duelo. Logo aos 3 minutos, Gabriel recebeu livre na cara de Prass e só deslocou o goleiro para anotar o terceiro.

Com a vantagem no marcador, o Santos passou a administrar o jogo. Já Dorival Júnior, precisando de gols, colocou mais dois atacantes: Leandro e Mouche.

Mas, nem por isso, o poderio alviverde mudou o desempenho. O time girava a bola na intermediária do Peixe, que por sua vez, tocava a bola e saia apenas esporadicamente. Mesmo assim, foi o alvinegro criava suas chances.

O Palmeiras ainda conseguiu anotar o gol de honra, com Henrique, de cabeça, após cruzamento de Mazinho.  Mas já era tarde, 40 minutos, e a vitória santista já estava sacramentada. 

Na próxima rodada, o Santos recebe o Fluminense, na Vila Belmiro, na quarta-feira. No mesmo dia, o Palmeiras visita o líder Cruzeiro, no Mineirão.

Flamengo perde de virada para o Atlético-PR

Embalado pelas vitórias em cima do Cruzeiro na semana passada, pelo Brasileirão e sobre o América-RN, na quarta-feira, pela Copa do Brasil, o Flamengo foi a Curitiba para tentar se afastar do Z4, no jogo contra o Atlético-PR, mas perdeu por 2 a 1 e acabou caindo da 10ª para a 11ª posição no campeonato.

Logo no começo do jogo, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo foi para cima e aos sete minutos do primeiro tempo, abriu o placar depois que Canteros cruzou rasteiro, Everton chutou para o gol e a bola desviou no braço de Eduardo da Silva antes de entrar.

O gol de empate do Furacão veio nove minutos depois, na jogada que começou com Dellatorre, que chutou para o gol e Chicão tirar quase em cima da linha a bola que sobrou para Cléo marcar.

Aos 45 do primeiro tempo, Marcelo invadiu a área do Flamengo, foi derrubado pelo zagueiro Marcelo do rubro-negro e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Cléo bateu do lado esquerdo do goleiro e virou o jogo para os paranaenses.

Na próxima quarta-feira, o Flamengo recebe o Inter no Maracanã e o Atlético-PR enfrenta o Criciúma, no Heriberto Hulse.

Figueirense goleia e mantém Coxa na lanterna

O Figueirense não teve muito trabalho para bater o Coritiba por 4 a 0, neste domingo, no estádio Orlando Scarpelli e manter o time da capital paranaense na lanterna do Brasileirão. A vitória fez com que o Figueira subisse da 15ª para a 13ª posição na tabela.

Na próxima quarta-feira, o Coritiba recebe o Botafogo no Couto Pereira e o Figueirense vai a Porto Alegre, onde enfrenta o Grêmio, na Arena Grêmio.

Dedé marca no fim e Cruzeiro supera o Vitória

Com um gol de Dedé, aos 38 minutos do segundo tempo, o Cruzeiro ganhou do Vitória por 1 a 0, na noite deste domingo, no complemento da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Desta forma, o time mineiro, líder da tabela com 59 pontos, voltou a aumentar a diferença para vice-líder São Paulo, para sete pontos.

O rubro-negro segue com 31, um a mais que o rival Bahia, o melhor classificado na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, a Raposa recebe o Palmeiras, no Mineirão. Já o Leão joga contra o Corinthians, excepcionalmente na Arena Pantanal. As duas partidas acontecem na quarta-feira.

Botafogo empata com Sport e não deixa Z-4

Em crise com sua torcida, que neste sábado foi ao Engenhão para protestar contra a má fase do clube, o Botafogo saiu do estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, com um empate em 1 a 1 com o Sport, que o elevou da 19ª para a 17ª posição no Brasileirão, mas não tirou o clube do Z-4.

O Botafogo não começou bem o jogo e levou um gol aos 21 minutos do primeiro tempo, depois que Diego Souza recebeu a bola, deixou Dankler para trás e bateu forte na saída de Jefferson.

O gol de empate do Botafogo saiu aos 14 do segundo tempo, depois que Wallyson cobrou uma falta, a barreira do Sport abriu e a bola desviou em Patric e enganou o goleiro Magrão.

Na quarta-feira, o Botafogo viaja ao Paraná, onde enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira, já o Sport, recebe o Goiás na Ilha do Retiro.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo