Africanos dominam Maratona de São Paulo; brasileiro Edmilson Santana é terceiro

Por Tercio Braga

Mais uma vez, o Quênia se destacou na Maratona de São Paulo, que chegou neste domingo à sua 20a edição com a marca de 18 mil inscritos. Os africanos não deram chances ao forte calor e aos adversários e faturaram cinco dos seis lugares no pódio, no feminino e no masculino. A largada e a chegada aconteceram em frente ao Obelisco, localizado ao lado do parque do Ibirapuera.

Entre os homens, Paul Kangogo conquistou o ponto mais alto com um tempo de 2h14m18s. Com a prata, Daniel Limo completou o percurso de 42,1km em 2h14m37s. Único “intruso” na festa queniana, o brasileiro Edmilson Santana chegou em terceiro, com o tempo de 2h20m20s.

Já no feminino, Rumokol Chepkanan, campeã em 2012 e vice em 2011 e 2013, conquistou sua segunda vitória na competição ao completar a maratona em 2h42m29s. Completando o pódio, Jane Seurey, em 2h43m31s, e Fridah Lodepa, em 2h45m44s, terminaram na segunda e terceira posições, respectivamente. 


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo