Santos atropela o Botafogo e vai à semifinal da Copa do Brasil

Por Tercio Braga

O Santos atropelou o Botafogo para carimbar sua vaga nas semifinais da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, no Pacaembu, o Peixe não teve dificuldades para vencer o Botafogo por 5 a 0. Na próxima fase, o time do técnico Enderson Moreira enfrenta o Cruzeiro, que eliminou o ABC na quarta-feira.

Com um início fulminante, o Santos acabou com qualquer esperança que o time carioca tinha de reverter a vantagem de 3 a 2 conseguida na partida de ida. O Peixe pulou na frente do placar logo aos cinco minutos de jogo, quando Lucas Lima lançou Mena pela esquerda e o lateral cruzou rasteiro para Gabriel finalizar com precisão, no cantinho.

Aos nove, o Santos ampliou com ajuda do goleiro botafoguense. Lucas Lima cobrou escanteio, Andrey saiu mal e o zagueiro David Braz só teve trabalho de cabecear para o gol vazio.

Wallyson chegou a ter boas oportunidades para diminuir, mas não conseguiu convertê-las. Aos 15, o atacante finalizou de voleio por cima do gol. Aos 33, ele carimbou o travessão em cobrança de falta.

Se o Fogão não teve capacidade para marcar quando teve chances, o mesmo não pode ser dito do Santos. Aos 37, Lucas Lima, o melhor da partida, aproveitou saída de bola errada do rival e disparou do meio de campo com a bola dominada. Ele ganhou da defesa na corrida, invadiu a área, driblou Andrey e marcou um golaço.

O Santos iniciou o segundo tempo com o mesmo ritmo. Com menos de seis minutos Andrey já tinha realizado dois milagres. No primeiro, defendeu bomba de Lucas Lima à queima-roupa. No segundo, se recuperou para defender o chute de Geuvânio após bola na trave.

Aos 17, Andrey fez outra grande defesa, mas não impediu o quarto gol santista. Lucas Lima levantou na área e Andrey parou a finalização de Gabriel, sozinho. No entanto, a bola sobrou para David Braz anotar o seu segundo na partida.

O Santos definiu o placar aos 23 minutos, quando Geuvânio invadiu a área, se atrapalhou na hora de finalizar e a bola sobrou para Gabriel. O atacante bateu, Bolatti salvou em cima da linha, mas a sobra ficou com Geuvânio, que estufou a rede.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo