Federer interrompe série invicta de Djokovic e vai à final em Xangai

Por Carolina Santos

O suíço Roger Federer encerrou a série invicta do sérvio Novak Djokovic em território chinês, na manhã deste sábado, e avançou para a final do Masters 1000 de Xangai, na China.

O terceiro cabeça de chave do torneio derrotou o líder do ranking da ATP por 2 sets a 0, com parciais de duplo 6/4, em 1 hora e 35 minutos, e enfrentará o francês Gilles Simon na decisão.

Com o resultado positivo, Federer interrompe a sequência de 28 vitórias consecutivas do sérvio no país asiático e também alcança seu 19º triunfo em 36 partidas contra Djokovic.

Agora, em busca do 23º título de Masters na carreira, o tenista suíço terá pela frente o desafio de encarar Simon, contra quem possui vantagem de 4 a 2 no histórico do confronto.

Para garantir vaga, o número 29 do mundo precisou superar o espanhol Feliciano Lopez (21º) também neste sábado, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (1), em 1 hora e 20 minutos.

A última vez que Federer perdeu para Simon foi na temporada de 2008, quando o francês levou a melhor sobre o adversário duas vezes – uma no Canadá e a outra justamente na China.

Na sequência, o atual terceiro coocado do ranking eliminou o rival em quatro torneios: no Aberto da Austrália (2011), nos Masters de Miami (2011) e Roma (2013) e em Roland Garros (2003).


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo