Todt cita progressos na recuperação de Michael Schumacher

Por Tercio Braga
Jean Todt diz que Schumacher Jean Todt diz que Schumacher ‘terá uma vida relativamente melhor em pouco tempo’ | Paul Gilham/Getty Images

Jean Todt, ex-chefe da Ferrari e atual presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que faz visitas frequentes ao heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, afirmou que o ex-piloto vem apresentando grande melhora.

O dirigente disse também que, para que a recuperação do alemão seja ainda maior, tudo o que ele precisa é de paz e tranquilidade ao lado da família.

“Ele é um lutador, mas foi vítima de um trágico acidente que pode acontecer a qualquer um. Esperamos que as coisas melhorem. Ele está lutando, mas é preciso tempo e é melhor deixa-lo sozinho”, disse.

Leia também
• Sebastian Vettel assina por 3 anos com a Ferrari, diz jornal alemão
• Jules Bianchi sofreu grave lesão cerebral em acidente durante o GP do Japão

Todt acrescentou que “podemos dizer que ele terá uma vida relativamente melhor em pouco tempo”.

O ex-piloto sofreu um acidente de esqui no dia 29 de dezembro de 2013 e ficou cerca de seis meses em coma no hospital de Grenoble, na França. Depois, foi transferido para um hospital suíço e, em seguida, para sua mansão.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo