Com gol de Ceni, São Paulo vence o Grêmio em Porto Alegre; veja outros resultados

Por Tercio Braga

O São Paulo conseguiu o que ninguém havia feito em nove partidas: marcar no Grêmio. O gol de pênalti de Rogério Ceni garantiu a vitória da equipe paulista sobre o time de Luiz Felipe Scolari, em duelo válido pela 26ª Rodada do Campeonato Brasileiro.

Em um primeiro tempo aberto, com chances para os dois lados, quem levou mais perigo foi o Grêmio. Em duas ocasiões, o São Paulo salvou na linha uma chance do clube gaúcho. Na primeira, logo aos três minutos, Luan chutou e Rogério Ceni defendeu. No rebote, o atacante bateu novamente e Paulo Miranda evitou o gol. Aos 34, Zé Roberto finalizou, a bola foi desviada, encobriu o goleiro são-paulino, mas Edson Silva tirou de cabeça.

Embora o Grêmio tenha assustado mais, o São Paulo também chegou bem. As principais jogadas da equipe paulista saíram dos pés de Kaká, que quase marcou um golaço olímpico, mas acabou carimbando o travessão aos 22.

No segundo tempo a história do jogo mudou. Após 10 minutos sem oportunidades, o São Paulo teve um pênalti a seu favor. Alan Kardec invadiu a área e foi derrubado por Rhodolfo. Rogério Ceni bateu com força e encerrou a invencibilidade de 852 minutos do goleiro Marcelo Grohe no Brasileirão.

O pênalti assinalado a favor do São Paulo indignou Luiz Felipe Scolari, que reclamou muito com a arbitragem. Aos 13 minutos, o árbitro Felipe Gomes da Silva expulsou o técnico. Murtosa assumiu o comando do Grêmio pelo restante da partida.

Em desvantagem, o Grêmio ficou mais tempo com a posse de bola, mas não consegui furar o bloqueio da defesa são-paulina.

Flu cede empate ao Bahia no Mané Garrincha

O Fluminense desperdiçou uma grande chance de colar no G4 do Campeonato Brasileiro. Pela 26ª rodada, o Tricolor carioca levou um gol na reta final da partida e ficou no empate por 1 a 1 com o Bahia no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O primeiro gol do jogo foi marcado aos 21 minutos do primeiro tempo. A zaga do Bahia afastou mal e a bola sobrou com Wagner. O camisa 10 cruzou na medida e Fred cabeceou pra rede.

Na segunda etapa, os cariocas tiveram pelo menos três chances para ampliar o placar, mas o castigo veio aos 37 minutos. Marcos Aurélio cobrou falta de longa distância e Cavalieri aceitou.

Com o resultado, o Tricolor carioca chegou aos 41 pontos e segue estacionado na sexta posição. Já o Bahia é o 14º colocado na tabela, com 30 pontos.

As duas equipes voltam a jogar na próxima quinta-feira (9) pelo Brasileirão. O Flu o Atlético-MG no Maracanã em um duelo direto pelo G4. Já o Bahia visita o Santos, na Vila Belmiro.

Marcinho faz dois, e Vitória bate o Botafogo

A crise no Botafogo parece não ter fim. Um dia após o presidente dispensar quatro jogadores experientes, o clube carioca foi a Salvador e perdeu para o Vitória por 2 a 1, em duelo válido pela 26ª rodada. O destaque da partida foi Marcinho, autor dos dois gols do rubro-negro.

Após um primeiro tempo equilibrado e com poucas oportunidades de gol, o placar foi aberto aos seis da etapa complementar, quando o zagueiro Dankler colocou a mão na bola de forma infantil dentro da área. Marcinho cobrou com categoria e colocou o Vitória na frente.

O empate botafoguense saiu graças a uma lambança da zaga adversária. Aos 22, Ramírez lançou de longa distância, o goleiro Roberto saiu de forma equivocada da área e Richarlyson não conseguiu afastar a bola, que acabou sobrando para Rogério empurrar para o gol vazio.

Só que a alegria da torcida botafoguense durou apenas sete minutos. Aos 29, Edno deu um cruzamento perfeito para Marcinho, que cabeceou com perfeição, sem chances para Andrey. O Vitória ainda teve outra boa chance com Edno, mas o goleiro do Fogão impediu que o placar fosse ampliado.

Com o resultado, as duas equipes terminam a rodada na zona do rebaixamento.

Flamengo perde para o Santos no Maracanã

O Flamengo decepcionou diante dos quase 44 mil torcedores que foram ao Maracanã e chegou ao quinto jogo seguido sem vitória no Campeonato Brasileiro. Melhor para o Santos, que venceu por 1 a 0 com gol de Robinho, chegou aos 39 pontos e continua sonhando com uma vaga no G4.

Na última quarta-feira, o Santos bateu o Botafogo por 3 a 2 pela Copa do Brasil no mesmo Maracanã e Robinho foi o protagonista, com 2 gols e uma expulsão. E de novo o menino da Vila roubou a cena.

Aos 34 minutos da primeira etapa, após linda jogada de Geuvânio pela direita com direito a drible da vaca, o camisa 7 recebeu livre na grade área e bateu sem chances para Paulo Victor.

Com o resultado, o Peixe chegou aos 39 pontos e está quatro atrás do Atlético-MG clube que abre o G4. Já o Fla, que vem de três empates e duas derrotas, segue com 31 pontos na 12ª colocação.

Na próxima rodada, o Santos tem a chance de embalar contra o Bahia, quinta-feira (9), na Vila Belmiro. Já os cariocas visitam o Figueirense em Florianópolis.

Coritiba vence Atlético-PR e deixa a lanterna

No clássico paranaense da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Coritiba derrotou o Atlético-PR por 1 a 0, no Couto Pereira, e deixou a lanterna da competição.

Em situação delicada na competição, o Coxa contou com a força da torcida no duelo em casa e garantiu a vitória aos 20 segundos da etapa final com um golaço.

O volante Hélder acertou lindo chute de fora da área e acertou o ângulo, sem chances de defesa para Weverton.

Com o resultado, o Coritiba chegou aos 26 pontos, subiu para a 19ª posição e empurrou o Criciúma, com 24 pontos, para a lanterna. Já o Furacão é o 11º colocado, com 31 pontos.

Na próxima rodada, o alviverde volta a em casa justamente contra o Criciúma em um duelo de desesperados. Já o Atlético-PR visita o São Paulo, no Morumbi.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo