STJD muda pena, mas Grêmio continua eliminado da Copa do Brasil

Por Carolina Santos
O goleiro Aranha foi xingado muitas vezes pelos torcedores tricolores | Pedro H. Tesch/Brazil Photo Press/Folhapress O goleiro Aranha foi xingado muitas vezes pelos torcedores tricolores | Pedro H. Tesch/Brazil Photo Press/Folhapress

O Grêmio teve confirmada, nesta sexta-feira, a sua eliminação da Copa do Brasil. O time, porém, não foi expulso da competição por conta dos insultos racistas contra o goleiro Aranha, do Santos – em julgamento de seu recurso no Pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), no Rio de Janeiro, a maioria optou pela simples perda de três pontos por parte do clube gaúcho no duelo com os paulistas; a pena foi só alterada por parte dos auditores (foram 7 votos a 0).

Na prática, como o Grêmio perdeu o jogo de ida das oitavas de final para o Santos por 2 a 0, ele ficou com -3 pontos por conta desta nova punição no STJD, contra 3 do adversário. Assim, os gaúchos não têm como tirar a diferença em apenas um jogo, o que já os eliminam automaticamente da Copa do Brasil.

Existe a possibilidade de, mesmo eliminado, o Grêmio realizar esse segundo jogo diante do Santos, na Vila Belmiro, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil. A decisão, nesse caso, cabe à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) – lembrando que a entidade, antes do julgamento, divulgou um calendário prevendo o duelo entre Botafogo e Santos, pelas quartas de final, na próxima quarta-feira (1º de outubro), no Maracanã.

Loading...
Revisa el siguiente artículo