Fifa proíbe fundos de investimentos no futebol

Por Carolina Santos
Decisão foi anunciada pelo presidente da FIFA, Joseph Blatter | Arnd Wiegmann/Reuters Decisão foi anunciada pelo presidente da FIFA, Joseph Blatter | Arnd Wiegmann/Reuters

O Comitê Executivo da Fifa tomou a “decisão firme” de proibir a propriedade dos direitos dos jogadores a terceiras partes, anunciou nesta sexta-feira o presidente da entidade, Joseph Blatter.

“Não pode ser feito de forma imediata, mas teremos um período de transição para aplicar a proibição”, disse Blatter.

Em março, Michel Platini, presidente da Uefa, fez um apelo a Blatter para que tivesse a “coragem política” de atacar o problema da “propriedade dos jogadores por terceiros”, um grave perigo para o futebol.

Platini criticou o fato de que cada vez mais jogadores estavam ligados a empresas fantasmas com sede em paraísos fiscais e controladas “não se sabe por qual agente ou fundo de investimento”.

A prática de jogadores com direitos federativos pertencentes a investidores está muito presente no Brasil e na América do Sul.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo