Grupo ataca ônibus e torcedor do Avaí morre com pedrada

Por Tercio Braga

Um torcedor do Avaí morreu na madrugada desta quarta-feira após ser atingido por uma pedra na cabeça. João Grah estava dentro de um micro-ônibus e voltava de um jogo em Curitiba. Câmeras de monitoramento da BR-101 mostram um grupo atacando o veículo onde estava o jovem.

As câmeras instaladas no km 136 da rodovia BR-101, no município de Balneário Camboriú, no litoral Norte catarinense, flagram um carro parando no viaduto por volta da meia-noite e meia. Quatro suspeitos saem do veículo e outros cinco aparecem correndo.

Eles ficam na beirada do viaduto esperando pela passagem do micro-ônibus, jogam as pedras e correm. Uma parte do grupo sai do viaduto e, a outra, vai para o lado oposto da pista para ver o ônibus saindo.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o coletivo com cerca de 20 torcedores foi atingido por ao menos três pedras. Os vidros dianteiros foram quebrados. João Grah, de 27 anos, que estava conversando com o motorista no momento do ataque, foi atingido na cabeça.

O rapaz foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A PRF afirmou que não conseguiu identificar os suspeitos de terem jogado as pedras. Os torcedores catarinenses voltavam para Florianópolis. Eles foram ao jogo entre Paraná e Avaí, realizado em Curitiba na noite de terça-feira, válido pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo