CBF quer agendar revanche contra a Alemanha após 7 a 1 na Copa

Brasil sofreu a pior derrota da sua história na semifinal da Copa do Mundo deste ano | Kai Pfaffenbach/Reuters

Se pudesse, o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin, marcaria para essa quarta-feira mesmo um duelo entre Brasil e Alemanha, na tentativa de obter uma “revanche” após o fatídico 7 a 1 para os europeus, no Mineirão, na semifinal da Copa do Mundo deste ano. De acordo com o jornal “O Estado de São Paulo”, o cartola já se movimenta nos bastidores para permitir que haja esse confronto o mais breve possível.

Leia também:

‘Não sou mais uma promessa’, diz ala/pivô Damiris Dantas
Argentina contra o Brasil terá Messi, mas Tevez não é convocado
Membro do Comitê Executivo da Fifa diz que Copa 2022 não será no Qatar

“Queremos esse jogo e que seja logo para espantar o que aconteceu na Copa”, disse Marin, ao “O Estado de São Paulo”, em Zurique, na Suíça. O presidente da CBF está na Europa para participar de reuniões da Fifa.

Segundo Marin, o confronto com a Alemanha pode ser até mesmo na casa dos atuais tetracampeões mundiais. “O que queremos é virar a página”, declarou o dirigente ao jornal.

Para o presidente da CBF, um novo confronto diante dos alemães pode marcar uma “nova fase” não só para a Seleção, como também para o seu novo comandante, Dunga. Esse duelo, porem, não vai ocorrer em 2014, já que todas as datas Fifa estão preenchidas até o final do ano.

Loading...
Revisa el siguiente artículo