Seleção feminina de vôlei estreia no Campeonato Mundial contra a Bulgária

Por lyafichmann

A Seleção feminina de vôlei tentará, a partir desta terça-feira, conquistar o troféu que falta na galeria. Atual bicampeã olímpica, do Grand Prix e da vencedora da última edição da Copa dos Campeões, a equipe busca vencer o Campeonato Mundial pela primeira vez. Em 2006 e 2010, o time ficou com a prata diante da Rússia. Para dar o primeiro passo rumo à conquista, o Brasil encara a partir das 15h (de Brasília) a Bulgária. O jogo acontece em Trieste, na Itália.

“Nós sempre tivemos dificuldades em enfrentar equipes que jogam com bolas altas. No entanto, estudamos e treinamos para jogar contra elas. Além disso, é um time com bastante experiência internacional, mas estamos otimistas. Nos preparamos bem e estamos concentrados”, afirmou o treinador José Roberto Guimarães.

“Nós trabalhamos muito forte para esse Mundial. O grupo está confiante e sabemos que agora é o nosso momento”, afirmou a ponteira Jaqueline.

Depois de encarar a Bulgária, a Seleção terá outros desafios pelo Grupo B do torneio: Camarões (quarta-feira), Canadá (quinta-feira), Turquia (sábado) e Sérvia (domingo). As quatro melhores equipes da chave avançam para a segunda fase do torneio.

Além de buscar um troféu inédito, a equipe tem outro objetivo: “vingar” a derrota da Seleção masculina. No domingo, o grupo brasileiro foi derrotado pela Polônia e ficou com a prata no Mundial masculino.

“Os meninos também jogaram bem, mas acho que a Polônia ganhou mais pela torcida mesmo. A torcida leva o time fácil. Mas eles estão de parabéns, foi uma campanha ótima. E nós esperamos ganhar isso aqui por nós e por eles”, disse a levantadora Dani Lins, que também é noiva do central Sidão, da equipe masculina.

Loading...
Revisa el siguiente artículo