Hamilton vence em Cingapura e agora lidera a temporada

Por fabiosaraiva
O inglês Lewis Hamilton, à frente pouco após a largada do GP de Cingapura |  Mark Thompson/Getty Images O inglês Lewis Hamilton, à frente pouco após a largada do GP de Cingapura | Mark Thompson/Getty Images

Após o até então líder da temporada, o alemão Nico Rosberg, ter enfrentado problemas mecânicos com sua Mercedes e abandonado a prova, seu companheiro de equipe, o inglês Lewis Hamilton, venceu o GP de Cingapura ontem e assumiu a ponta do campeonato, com 241 pontos, contra 238 de Rosberg.

Esta foi a sétima vitória de Hamilton nesta temporada e a segunda do inglês em Cingapura. Além da vitória, o piloto da Mercedes fez também a melhor volta da corrida, na volta 39, com 1m50s417.

Além do inglês, completaram o pódio o alemão Sebastian Vettel e o australiano Daniel Ricciardo, ambos da Red Bull. Na quarta posição ficou o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, seguido do brasileiro Felipe Massa, da Williams, que largou na sexta colocação.

A posição do brasileiro, inclusive, foi uma verdadeira façanha após ter parado nos boxes pela última vez na 22ª das 60 voltas.

Paul Hembery, diretor esportivo da Pirelli – fornecedora de pneus da Fórmula 1 –, havia dito em entrevista à Globo que seria “impossível” o piloto da Williams levar o carro até o fim com o mesmo jogo de pneus, em virtude do desgaste.

Ele não só terminou a prova, mas conseguir um expressivo lugar, e explicou com bom humor o que precisou fazer: “Eu achei que era praticamente impossível. Dali para frente, eu comecei a guiar como uma vovó”, explicando que precisou pilotar com um cuidado para não prejudicar mais os pneus. 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo