Brasília Indy 300 recoloca o Brasil no mapa da categoria em 2015

Por Tercio Braga
O diretor-geral da Band em Brasília, Flávio Lara Resende (esq.), e o vice-presidente Marcelo Meira apostam no sucesso do evento | Andressa Anholete/Metro Brasília O diretor-geral da Band em Brasília, Flávio Lara Resende (esq.), e o vice-presidente Marcelo Meira apostam no sucesso do evento | Andressa Anholete/Metro Brasília

É oficial: a Fórmula Indy voltará ao Brasil em 8 de março, no Autódromo Internacional Nelson Piquet. A corrida foi confirmada nesta quinta-feira em reunião entre os representantes do GDF e da Terracap (Agência de Desenvolvimento do DF), o presidente da competição nos Estados Unidos, Mark Miles, e integrantes do Grupo Bandeirantes, que promove a competição no Brasil. Para tanto, as reformas da pista do autódromo começarão ainda este ano. A licitação deve ser publicada no mês que vem.

Conforme o acordo firmado entre a Indycar, a Band e o GDF, Brasília será a nova casa da Indy até 2019. Será a primeira vez que a competição será realizada fora do eixo Rio-São Paulo: depois de cinco temporadas no Rio, a corrida foi realizada na capital paulista de 2010 a 2013.

O público estimado para o primeiro ano do evento na capital é de 80 mil pessoas. O autófromo receberá treinos classificatórios no sábado e a largada, no domingo. A Band investirá cerca de R$ 62 milhões na prova, que será transmitida para 200 países. “A maior parte do investimento da Band virá para Brasília”, prometeu o vice-presidente da emissora, Marcelo Meira.

Meira destacou ainda a tradição brasiliense no automobilismo, reconhecida internacionalmente. “É uma vocação da garotada de Brasília, que se tornou mundial com o Nelson Piquet. Nós temos o autódromo mais bem localizado e a tendência é que a Indy tenha uma grande repercussão na cidade.”

Localização privilegiada

“O Brasil tem uma história tão grande no automobilismo que a Indy não poderia ficar de fora”, justificou o presidente da Indy, Mark Miles. Segundo o americano, a localização do autódromo, além da presença do Estádio Mané Garrincha, são fatores que incentivaram na escolha da sede. “A posição tão perto do centro é ótima, imagino as câmeras passando e mostrando a cidade para o mundo todo, é um lugar perfeito”, garantiu Miles.

As mudanças mais urgentes a serem realizadas na estrutura do autódromo, segundo Miles, estão relacionadas com a corrida em si. “Isso inclui a superfície da pista, haverá mudanças para satisfazer as condições de segurança”, lembrou.

Obras de reforma devem começar ainda este ano

Maruska diz que obras totais durarão 3 anos | Andressa Anholete/Metro Brasília Maruska diz que obras totais durarão 3 anos | Andressa Anholete/Metro Brasília

De acordo com a presidente da Terracap, Maruska Lima, o projeto de reforma do autódromo será total. Inclui fatores como revitalização da pista, construção de boxes, paisagismo e iluminação. Ao custo de aproximadamente R$ 300 milhões, as obras devem ser concluídas integralmente em três anos. Para março do ano que vem, contudo, a prioridade será a pista e a revitalização de arquibancadas.

“Nesta primeira fase, vamos atender aos requisitos para receber a Fórmula Indy. É um tempo curto, mas sabemos que é possível acontecer”, afirmou Maruska.

Com a licitação a ser publicada em outubro, as obras devem começar ainda neste ano. Não serão feitas grandes alterações no formato do autódromo, que foi inaugurado em 1974. “Existia um estudo que pensava em alterar totalmente o circuito, mas vimos que havia condições de preservá-lo e apresentar um circuito com algumas modificações”, declarou a engenheira da Terracap.

“Haverá uma segurança bem maior e algumas curvas vão acontecer antes. O traçado, o sentido e a extensão serão praticamente os mesmos”, detalhou.

Cine drive-in fica

No novo projeto, o cine drive-in permanece no mesmo local. O Kartódromo, contudo, deve ser transferido para outra área. A preferência é pelo Kardódromo do Guará.

Entre as arquibancadas, uma delas, a coberta, será completamente demolida. As outras serão apenas revitalizadas. Também serão construídas duas arquibancadas com capacidade para 6 mil pessoas.

como-ficara-o-autodromo

Loading...
Revisa el siguiente artículo