Dunga muda apenas a defesa em amistoso contra Equador

Por lyafichmann
Dunga manteve a base da equipe de sexta-feira | Bruno Domingos/Mowa Press Dunga manteve a base da equipe de sexta-feira | Bruno Domingos/Mowa Press

Não fossem o atraso de Maicon na reapresentação (leia mais abaixo) e a lesão de David Luiz – ele machucou o joelho esquerdo –, o técnico Dunga repetiria nesta terça-feira, às 22h (de Brasília) diante do Equador, em Nova Jersey, a mesma equipe que venceu a Colômbia na sexta-feira por 1 a 0. Contudo, o treinador será forçado a escalar Danilo na lateral direita e Marquinhos no miolo da zaga.

Dessa forma, os 11 titulares que vão enfrentar os equatorianos nos Estados Unidos, no segundo jogo da nova “Era Dunga” na Seleção Brasileira, serão: Jefferson; Danilo, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Ramires, Oscar e Willian; Neymar e Diego Tardelli.

O lateral Fabinho, que foi chamado para o lugar de Maicon, não chegou a tempo de participar da atividade. Ele ficará direto no banco.

Captura de Tela 2014-09-08 às 19.35.50Batida

Na saída do hotel onde a delegação ficou hospedada rumo ao treino na Red Bull Arena, o ônibus que conduzia o grupo bateu em um carro que estava estacionado na rua.

O veículo da Seleção se chocou com o outro quando foi fazer uma curva à esquerda. O ônibus bateu de traseira e acertou a parte da frente, no lado esquerdo do carro.

Técnico cortou Maicon por atraso

O lateral-direito Maicon foi cortado da Seleção Brasileira porque se atrasou para retornar à concentração na noite de sábado, após a vitória por 1 a 0 sobre a Colômbia em Miami, na última sexta-feira.

O jogador da Roma, que era um dos homens de confiança do técnico Dunga, teria chegado ao hotel em que a delegação estava hospedada em Miami por volta das 8h de domingo. O horário estipulado para o retorno dos atletas, que haviam recebido folga após a partida, era 20h de sábado.

A CBF informou que o motivo do desligamento de Maicon fora “indisciplina”, sem especificar o motivo. Fabinho, lateral do Monaco que estava com a Seleção olímpica no Qatar, foi chamado para integrar o grupo.

A tendência é que Maicon, de 33 anos, não seja mais convocado para a Seleção Brasileira enquanto Dunga for o técnico.

Loading...
Revisa el siguiente artículo