Irmão de Balotelli é alvo de racismo na Itália

Por Nadia
Irmão de Balotelli, Enock Barwuah joga na 5ª divisão italiana | Reprodução Facebook Enock Barwuah joga na 5ª divisão italiana | Reprodução Facebook

O irmão de Mario Balotelli, o também atacante Enock Barwuah, afirmou ter sofrido racismo no jogo em que seu time, o Vallecamonica, enfrentou o Darfo Boario, válido pela abertura do Campeonato de Excelência, considerada a quinta divisão do campeonato Italiano, neste domingo.

“Me insultaram fortemente, também a meu irmão. Não entendo tanto ódio”, afirmou Barwuah, também atacante como Balotelli, do Liverpool.

Os agentes da Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) da região de Brescia estiveram nesta segunda-feira, na sede do Darfo Boario em busca de informações sobre o caso.

O presidente e outros funcionários do clube foram ouvidos e imagens da partida serão investigadas para encontrar os responsáveis. Barwuah também deve ser ouvido pelos agentes.

“Sempre dizem as mesmas coisas, para me ofender. Não ligo, mas me cansa”, disse Barwuah à imprensa italiana.

Questionado sobre o episódio, o presidente da Federação Italiana de Futebol, Carlo Tavecchio, que recentemente teve um processo de racismo arquivado, afirmou que “é um fato que já ocorreu antes e que os responsáveis devem ser censurados e punidos”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo