Elias processará quem espalhou boato sobre homossexualidade

Por Tercio Braga
Elias foi acusado de ser pivô do afastamento de Maicon | Robert Mayer/Reuters Elias foi acusado de ter um caso com o lateral Maicon | Robert Mayer/Reuters

A demora da CBF em explicar o corte do lateral-direto Maicon gerou inúmeros boatos. O que ganhou maior proporção foi que o jogador teria sido excluído do grupo por um suposto caso com o volante Elias.

Elias, inicialmente, riu da besteira e não deu muita atenção. Mas com a repercussão mundial da mentira, o jogador do Corinthians se irritou e avisou que irá processar os autores do boato.

“É muito ruim pessoas acreditarem em uma bobagem dessas. Não sou contra homossexual, mas eu não sou. Essas pessoas que falaram besteira e vão ter que pagar, porque vou entrar com ação”, comentou nesta segunda-feira.

Leia também
• Convocado no lugar de Maicon, Fabinho se diz surpreso com telefonema
• Jornal afirma que Maicon foi cortado da Seleção por atraso

“Fiquei surpreso com a repercussão. No começo, dei risada, minha mulher também não deu muita bola. Mas as coisas tomaram uma proporção, que vou ter que agir. Porque se tivesse outra forma, você sabe como iria terminar”, completou o volante.

Elias entrou no segundo tempo do amistoso contra a Colômbia e deve começar na reserva no duelo contra o Equador, nesta terça-feira, em Nova Jersey.

Loading...
Revisa el siguiente artículo