Neymar garante vitória na reestreia de Dunga na Seleção Brasileira

Por fabiosaraiva
Observado por Zúñiga, Neymar domina bola durante amistoso contra a Colômbia em Miami | Mike Ehrmann/Getty Images Observado por Zuñiga, Neymar domina bola durante amistoso contra a Colômbia em Miami | Mike Ehrmann/Getty Images

No primeiro amistoso depois da traumática despedida da Copa do Mundo, o Brasil derrotou a Colômbia por 1 a 0 em Miami, nos Estados Unidos, na reestreia do técnico Dunga. Caçado em campo durante a toda a partida, Neymar garantiu a vitória da Seleção com uma bela cobrança de falta aos 38 minutos do segundo tempo. O confronto no Sun Life Stadium teve a presença de 73.429 pessoas, novo recorde do estádio.

O primeiro tempo foi bastante corrido e Neymar apareceu como principal arma no ataque brasileiro. Aberto pelo lado esquerdo, o camisa 10 apostou na velocidade e criou as melhores jogadas, mas também sofreu com a forte marcação. A partida, aliás, marcou o reencontro dele com Zuñiga depois da forte entrada que tirou o atacante do Barcelona da Copa do Mundo em duelo pelas quartas de final.

Aos 24 minutos, o Brasil teve um gol mal anulado anotado por Diego Tardelli, mas a chance mais clara saiu aos 32. Em rápido contra-ataque, Oscar recebeu livre, mas errou a finalização com o lado de fora do pé.

Com James Rodríguez pouco inspirado e Falcao no banco de reservas, a Colômbia ameaçou pouco, e quando chegou, Jefferson fez duas boas defesas.

A Seleção voltou para a segunda etapa com Fernandinho e Elias nas vagas de Luiz Gustavo e Ramires e os primeiros minutos foram eletrizantes. Aos 3, Neymar perdeu grande chance cara a cara com Ospina, que fez bela defesa. No lance seguinte, Cuadrado fez falta no atacante do Barcelona, recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo.

Neymar continuou sendo caçado em campo e sofreu falta dura de Gutierrez aos 10 minutos. Na cobrança, David Luiz deu trabalho para Ospina, que defendeu em dois tempos após pressão de Fernandinho.

Com a vantagem numérica, o Brasil passou a valorizar a posse de bola, mas não encontrou muitos espaços na zaga colombiana. Dunga voltou a mexer no meio-campo e colocou Philippe Coutinho e Éverton Ribeiro nos lugares de Oscar e Willian.

Aos 30 minutos, os mais de 73 mil torcedores que lotaram o Sun Life Stadium foram ao delírio quando Falcao García foi chamado pelo técnico José Pekerman. Era o retorno do atacante à seleção depois da lesão no joelho sofrida em janeiro que o afastou da Copa do Mundo. Robinho deixou e o banco e voltou a jogar com a amarelinha, mas quem brilhou foi Neymar.

Aos 38, quando o empate parecia encaminhado, a estrela da equipe acertou uma linda cobrança de falta, sem chances para Ospina, para definir a vitória brasileira no início do novo ciclo sob o comando de Dunga.

O Brasil segue reunido nos Estados Unidos para o amistoso da próxima terça-feira (9), contra o Equador, em Nova Jersey.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo