Torcedora que xingou Aranha depõe em Porto Alegre

Por Carolina Santos
Torcedora escondeu o rosto ao chegar à delegacia para prestar depoimento | Ronaldo Bernardi/Agência RBS/Folhapress Torcedora escondeu o rosto ao chegar à delegacia para prestar depoimento | Ronaldo Bernardi/Agência RBS/Folhapress

A torcedora do Grêmio Patrícia Moreira, flagrada xingando o goleiro Aranha, do Santos, de ‘macaco’, chegou na manhã desta quinta-feira à 4ª Delegacia de Porto Alegre, para prestar depoimento sobre o caso. Aos prantos, ela não falou com a imprensa, mas a família disse que a jovem pretende pedir desculpas públicas ao jogador.

A segurança foi reforçada na delegacia, mas o clima era tranquilo, com relata a repórter Manoela Tomasi, da BandNews FM Porto Alegre. Apenas alguns populares gritaram ‘racista’ para a jovem enquanto ela chegava ao local para depor.

Em seu depoimento, Patrícia disse que seguiu o restante dos torcedores ao xingar o goleiro Aranha de ‘macaco’. Ela também destacou que é dessa forma que os gremistas costumam chamar os rivais que torcem pelo Internacional.

De acordo com o delegado Cléber Ferreira, a torcedora gremista vai responder pelo crime de injúria racial, e não por racismo. A pena prevista para esse tipo de infração é de 1 a 3 anos de reclusão.

Segundo o jurista Luis Flávio Gomes, se for condenada, a jovem deve cumprir pena em regime aberto.

Patrícia Moreira perdeu o emprego por conta do caso | Reprodução/Facebook Patrícia Moreira perdeu o emprego por conta do caso | Reprodução/Facebook

Na última terça-feira, dois torcedores prestaram depoimento sobre o caso. Um deles, aliás, publicou na web uma imagem que o coloca em um setor do estádio diferente de onde ele teria sido identificado.

Aranha foi ofendido por gremistas durante a vitória do Santos por 2 a 0, na quinta-feira passada, pela ida das oitava de final da Copa do Brasil. Ontem, o clube gaúcho foi multado e excluído da competição pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por conta do ocorrido.

[poll id=”281″]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo