Palmeiras encara Atlético-MG após oficializar Dorival Júnior como técnico

Por fabiosaraiva
Aos 52 anos, Dorival estava fora do mercado desde 2013 | Reginaldo Castro/Folhapress  Aos 52 anos, Dorival estava fora do mercado desde 2013 | Reginaldo Castro/Folhapress

Captura de Tela 2014-09-03 às 20.11.55A quarta-feira foi de cara nova no Palmeiras, com a oficialização do novo treinador, Dorival Júnior, que chega com uma difícil missão. Dorival assume o Verdão com a meta – ao menos imediata – de afastar a equipe da zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Atualmente a equipe ocupa a 16a colocação, com apenas 17 pontos, e só se mantém fora da degola por conta dos critérios de desempate. Isso tudo com a pressão extra por ser o ano do centenário.

O técnico chega para o lugar do argentino Ricardo Gareca, demitido na segunda feira, e fica até junho de 2015. A duração do vínculo, aliás, foi motivo que fez o acerto demorar a sair. O clube queria acordo até o fim do ano, mas o estafe de Dorival recusou. O salário é de cerca de R$ 200 mil, mais metas.

Captura de Tela 2014-09-03 às 20.10.38Pesa a favor do treinador sua identificação com o alviverde. Sobrinho de Dudu, um dos maiores ídolos da história do Palmeiras, Dorival Júnior também teve passagem como jogador do clube. Foi de 1989 a 1992, quando o ex-volante era chamado apenas de “Júnior”.

Dorival estava fora do mercado desde 2013, quando deixou o Fluminense. No Verdão, a tendência é que inicie os trabalhos apenas na sexta-feira. Nesta quinta-feira, às 20h, contra o Atlético-MG, pela Copa do Brasil, o time será comandado pelo interino Alberto Valentim. Com a derrota por 1 a 0 no jogo de ida, o alviverde precisa da vitória para seguir na competição.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo