Na Copa do Brasil, Flamengo, Botafogo e América-RN avançam

Por fabiosaraiva
Eduardo da Silva comemora o gol que levou a decisão para os pênaltis | Divulgação/Flamengo Eduardo da Silva comemora o gol que levou a decisão para os pênaltis | Divulgação/Flamengo

O Flamengo conseguiu o que parecia improvável. Nesta quarta-feira, no Maracanã, o time carioca devolveu a derrota sofrida por 3 a 0 no Couto Pereira, eliminou o Coritiba na disputa por pênaltis (3 a 2) e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. O duelo foi marcado por lances polêmicos, já que dois gols do Rubro-Negro no tempo normal foram anotados em cobranças de pênaltis duvidosos.

Em recuperação no Brasileirão, o Flamengo tinha uma missão difícil e começou a sonhar com a vaga aos 46 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento da direita, Zé Love disputou espaço com João Paulo dentro da área. O lateral caiu e o árbitro marcou pênalti. Alecsandro foi pra bola e não desperdiçou.

O gol animou a equipe de Vanderlei Luxemburgo, que ampliou a vantagem aos 9 minutos do primeiro tempo em nova penalidade máxima. João Paulo cruzou e a bola tocou no ombro de Norberto, pra reclamação dos jogadores do Coxa. Alecsandro mais uma vez partiu pra cobrança e marcou.

Precisando de apenas mais um gol para levar a decisão para os pênaltis, o Flamengo pressionou e conseguiu balançar a rede aos 37 minutos. Após cruzamento de Éverton, Eduardo da Silva precisou tentar duas vezes antes vencer o goleiro Vanderlei pra garantir a festa da torcida.

Nas penalidades, Zé Love mandou a primeira cobrança no travessão. Alecsandro, que marcou duas vezes no tempo normal, parou em Vanderlei e o placar permaneceu em branco.

Na segunda série, Paulo Victor pegou a cobrança de Hélder. Já Chicão foi pra bola e finalmente marcou o primeiro: 1 a 0 Flamengo. Robinho cobrou o terceiro do Coxa e deixou tudo igual, já que Vanderlei pegou a cobrança de Paulinho.

Leandro Almeida abriu a quarta série e colocou o Coxa pela primeira vez em vantagem, mas Eduardo da Silva fez 2 a 2. Na última cobrança, Paulo Victor brilhou de novo e pegou a cobrança de Dudu. Léo Moura teve a chance de selar a classificação, mas Vanderlei defendeu.

Nas alternadas, Carlinhos mandou na trave e Canteros finalmente garantiu a classificação flamenguista.

Nas quartas, o Flamengo enfrentará o América-RN, que eliminou o Atlético-PR.

 

Com gols no fim, Bota vence e elimina o Ceará
Em um jogo bastante corrido, disputado e com apagão, o Botafogo surpreendeu, fez dois gols nos acréscimos, venceu o Ceará por 4 a 3, nesta quarta-feira, na Arena Castelão, e garantiu a classificação às quartas de final da Copa do Brasil. Os gols cariocas foram anotados por Edílson, Yuri Mamute, Ramirez e Andre Bahia. Bill (2) e Magno Alves fizeram para os cearenses. Na primeira partida, o placar foi de 2 a 1 para os nordestinos.

Ao final do confronto, os jogadores do Ceará cercaram o árbitro Emerson de Almeida Ferreira e reclamaram que os dois últimos gols adversários saíram após o tempo que o mineiro havia indicado de acréscimo.

Com o resultado, os cariocas enfrentam o Santos, que passou à próxima fase após o Grêmio ser eliminado da competição pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por conta das ofensas racistas ao goleiro Aranha.

Precisando reverter a vantagem do primeiro confronto, o Botafogo logo foi ao ataque e chegou ao primeiro gol aos 14 minutos da primeira etapa. Em cobrança de falta, Edilson colocou a bola no ângulo, sem chances para Jailson.

A resposta cearense não demorou e foi com o empate. Seis minutos depois, em bela troca de passe da equipe nordestina, a bola chegou no lado esquerdo para Magno Alves, que invadiu a grande área e fez o cruzamento. Livre, Bill só desviou para o fundo das redes de Andrey.

Melhor na partida, o Ceará virou aos 26. Após boa jogada, Vicente invadiu a grande área, foi derrubado por Yuri Mamute e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Magno Alves deslocou o goleiro e bateu no canto esquerdo, para marcar o seu 29º gol na temporada.

Jogo lá e cá! Ainda no primeiro tempo, aos 46, Yuri Mamute aproveitou cruzamento da direita e, de peixinho, deixou tudo igual.

Aos dez minutos da etapa final, o jogo paralisou por conta da falta de energia, o que deixou a partida parada por 22 minutos. Mesmo com o resultado já colocando o Ceará na próxima fase, a equipe do técnico Sérgio Soares fez o terceiro aos 30. O goleiro Andrey saiu jogando errado e a bola sobrou para Bill, que finalizou com força, no canto esquerdo.

Quando a partida caminhava para o seu final, o Botafogo surpreendeu e conquistou a classificação. Aos 49 minutos, Wallyson finalizou, o goleiro Jailson espalmou e, no rebote, Ramirez completou para deixar tudo igual. O gol animou os cariocas, que fizeram o tento salvador no minuto seguinte. O zagueiro André Bahia recebeu na intermediária e chutou bonito, sem chances para Jailson, e garantiu o Fogão nas quartas de final da Copa do Brasil.

 

América-RN segura o Atlético-PR e se classifica
O Atlético-PR bem que tentou, mas não conseguiu reverter a vantagem do América-RN na Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, os paranaenses venceram por 2 a 0, pelas oitavas de final da competição, mas não conseguiu a classificação, já que no jogo de ida a equipe de Natal venceu por 3 a 0. Os gols do jogo foram anotados por Deivid e Marcelo.

Precisando vencer por, no mínimo, 3 a 0 para levar a decisão para os pênaltis, o Atlético logo abriu o placar. Aos sete minutos, Deivid aproveitou rebote e finalizou. A bola desviou em Lázaro e foi para o fundo das redes.

O Furacão chegou ao segundo gol aos 43 da etapa final. Paulinho Dias driblou Lázaro no lado direito e foi à linha de fundo e cruzou para a grande área. Marcelo, livre, só empurra para o gol de Andrey.

No último minuto, o Atlético quase chegou ao terceiro gol. Após cobrança de falta na grande área e, após bate-rebate, o goleiro Weverton, que estava no ataque, quase fez para o Rubro-Negro.

Agora, o clube paranaense volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Neste domingo, às 18h30, na Arena da Baixada, recebe o Palmeiras, enquanto o América recebe o Flamengo ou o Coritiba, que se enfrentam nesta quarta, às 22h, no Maracanã.

Loading...
Revisa el siguiente artículo