Kamui Kobayashi volta à Caterham no GP da Itália

Por Tercio Braga
Kobayashi celebrou o lugar no time e afirmou respeitar as decisões tomadas pela Caterham | Bryn Lennon/Getty Images Kobayashi celebrou o lugar no time e afirmou respeitar as decisões tomadas pela Caterham | Bryn Lennon/Getty Images

A Caterham confirmou que o piloto japonês Kamui Kobayashi voltará a correr pela equipe neste domingo (7), em Monza, para a disputa do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1.

Ele não havia participado da etapa realizada na Bélgica, no dia 24 de agosto, e acabou sendo substituido pelo alemão Andre Lotterer, que não conseguiu concluir a prova em Spa-Francorchamps.

Segundo informações publicadas nesta quinta-feira (4) pelo site da revista Autosport, da Inglaterra, a equipe pretendia escalar no lugar de Kobayashi o espanhol Roberto Merhi, de 23 anos e campeão da F-3 europeia em 2011.

No entanto, por não possuir os requisitos exigidos pela FIA, Merhi não obteve a superlicença da entidade para correr na Itália. Ele precisaria somar 300km de testes ou títulos relevantes em categorias de bases nos dois últimos anos.

Desta maneira, Kobayashi celebrou o lugar no time e afirmou respeitar as decisões tomadas pela Caterham – última colocada no Mundial de construtores ao lado da Sauber, sem nenhum ponto somado na temporada.

“Trabalho para a Caterham e sempre respeito as decisões da equipe. Agora, estou de volta ao carro e ansioso para correr de novo”, comentou o asiático.

Embora esteja impossibilitado de correr em Monza, Merhi ganhou vaga e participará na madrugada desta sexta-feira da primeira sessão de treinos livres do Grande Prêmio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo