Em reencontro após a final da Copa, Argentina vence Alemanha

Por Tercio Braga
Aguero comemora o primeiro gol da Argentina | Ina Fassbender/Reuters Aguero (10) comemora o primeiro gol da Argentina | Ina Fassbender/Reuters

Com grande atuação do meia Ángel Di María, a seleção argentina carimbou a faixa da campeã mundial Alemanha ao vencer por 4 a 2 o amistoso que reeditou a final da Copa do Mundo, nesta quarta-feira em Dusseldorf.

É difícil falar em revanche, já que o jogo não valia nada. Ninguém poderá tirar a quarta estrela que estampou pela primeira vez a camisa da ‘Mannschaft’ e foi conquistada no dia 13 de julho no Maracanã, com vitória por 1 a 0 na prorrogação.

Cinquenta dias depois, os ‘Hermanos’ mostraram força na estreia do técnico Gerardo ‘Tata’ Martino, mesmo sem o craque Lionel Messi, que estava lesionado.

Recém-contratado por 75 milhões de euros (cerca de R$ 220 milhões) pelo Manchester United, Di María foi o grande nome da partida, dando passes para os três primeiros gols da Argentina e anotando o quarto.

Sergio Aguero abriu o placar aos 21 minutos de jogo e Erik Lamela ampliou aos 40. O zagueiro Federico Fernández fez 3 a 0 no segundo minuto da etapa final e Di María anotou o quarto aos 5. Andre Schurrle descontou dois minutos depois e Gotze, autor do gol da vitória alemã na decisão da Copa, fez mais um aos 32.

A Alemanha precisa jogar melhor no próximo domingo, quando iniciará diante da Escócia sua campanha nas eliminatórias para a Eurocopa de 2016, na França.

Loading...
Revisa el siguiente artículo