Oswaldo admite surpresa com demissão do Santos

Por Tercio Braga
Oswaldo de Oliveira disse impunidade faz casos aumentarem | Ricardo Saibun/Santos FC Oswaldo agradeceu aos atletas pela dedicação | Ricardo Saibun/Santos FC

Demitido do comando técnico do Santos na tarde desta terça-feira, Oswaldo de Oliveira divulgou uma nota à imprensa lamentando a sua saída do clube alvinegro. O treinador considerou uma surpresa a sua demissão.

“Fui pego de surpresa, não esperava. Estou acostumado a trabalhar com planejamento a médio e longo prazos, como aconteceu na maioria dos clubes pelos quais passei. Mesmo em algumas derrotas no Brasileiro, o time se portou bem, sendo até merecedor da vitória. Sentia os jogadores empenhados e tinha a certeza de que a equipe evoluiria ainda mais”, disse.

Oswaldo ainda agradeceu aos atletas pela dedicação. “Queria aproveitar para agradecer o comprometimento de cada um deles e de toda a comissão técnica. Foi muito emocionante a despedida no vestiário”, afirmou.

O novo treinador santista deverá ser Enderson Moreira, que dirigiu o Grêmio nesta temporada.

Santos agradece o empenho de Oswaldo

Oswaldo de Oliveira foi comunicado sobre a sua saída em outra reunião no CT Rei Pelé. Foi o presidente do clube, Odílio Rodrigues, quem avisou ao técnico sobre a decisão da diretoria alvinegra.

“Agradecemos ao treinador pelo seu empenho, seriedade e profissionalismo durante os oito meses em que esteve à frente da equipe e desejamos a ele muito êxito na sua carreira”, afirmou Odílio Rodrigues, em declarações reproduzidas pelo site oficial do clube.

Vindo do Botafogo, Oswaldo de Oliveira deixa o Santos com 25 vitórias, nove empates e dez derrotas em sua segunda passagem pelo clube como treinador. Com ele no comando, o time ocupava a 11ª posição no Brasileirão, além de ter vencido a partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, diante do Grêmio, por 2 a 0.

Loading...
Revisa el siguiente artículo