Grêmio suspende a Geral por tempo indeterminado

Por Tercio Braga
Jogadores entraram em campo contra o Bahia com faixa contra racismo / DIvulgação/Grêmio Jogadores entraram em campo contra o Bahia com faixa contra racismo / DIvulgação/Grêmio

Após mais um episódio de racismo demonstrado pela torcida organizada Geral do Grêmio no jogo contra o Bahia, neste último domingo, o clube de Porto Alegre decidiu suspender ela por tempo indeterminado de seu estádio.

Durante a partida o Grêmio tentou fazer uma campanha contra o racismo, já que o goleiro do Santos Aranha havia sido ofendido por parte da torcida durante jogo da Copa do Brasil, na última quarta-feira, mas a Geral ignorou totalmente os pedidos e manteve os cânticos discriminatórios.

Em nota oficial, o Grêmio também proíbe a torcida de utilizar qualquer símbolo de propriedade intelectual do clube e que vai trabalhar na identificação de possíveis sócios envolvidos para utilizar as medidas administrativas que julgar ser necessária.

O clube quer assim “evitar que novos incidentes acarretem em multas, perda de mandos de campo e prejuízos à imagem do clube e de sua ordeira torcida”.

O Grêmio ainda agradeceu ao restante da torcida que sempre apoiou as campanhas de conscientização promovidas pelo clube.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo