Gareca lamenta maus resultados; interino fica no Palmeiras

Por Tercio Braga
Gareca fez questão de elogiar a agremiação e agradecer pela chance de dirigir a equipe paulista | Fabio Menotti/Ag Palmeiras Gareca fez questão de elogiar a agremiação e agradecer pela chance de dirigir a equipe paulista | Fabio Menotti/Ag Palmeiras

Depois de anunciada sua saída do Palmeiras por conta da derrota para o Internacional, no último sábado, Ricardo Gareca concedeu sua última entrevista coletiva na Academia de Futebol do Clube. Em conversa rápida com os jornalistas, o ex-treinador alviverde lamentou por deixar a equipe e os resultados ruins.

“Uma situação difícil, um técnico estrangeiro no Brasil… É complicado. Não tive os resultados esperados. Queria ter ficado aqui e tirar o time desta situação ruim. Mas o clube teve respeito comigo e entendo a decisão. Não estou decepcionado com a diretoria. Estou decepcionado com os resultados ruins”, disse.

Gareca, no entanto, fez questão de elogiar a agremiação e agradecer pela chance de dirigir a equipe paulista. “O Palmeiras é um clube magnífico. Peço desculpa ao torcedor. Só tenho a agradecer ao clube pela oportunidade”, concluiu.

Dirigido interinamente por Alberto Valentim, o Palmeiras se prepara para o confronto desta quinta-feira, às 20h, diante do Atlético-MG, no estádio Independência, pelo jogo de volta da Copa do Brasil.

Nobre diz que interino fica até o fim do ano

Após confirmar a demissão do técnico Ricardo Gareca do comando técnico do Palmeiras, o presidente do clube, Paulo Nobre, concedeu entrevista coletiva em que disse que o Verdão será comandado a partir de agora pelo interino Alberto Valentim e que deve ficar com ele até o final do ano.

“O Alberto Valentim assume interinamente até o fim do ano. Ele está apto para dirigir o time. Precisamos de um técnico sério e que se identifique com o clube. Não tem um tempo determinado para isso”, disse ele.

Valentim dirigiu o Palmeiras antes de Gareca assumir, com ele, o time teve um bom aproveitamento dos pontos disputados. Nobre também garantiu a permanência dos atletas argentinos que vieram indicados pelo agora ex-treinador.

“Todos jogadores que foram indicados por ele foram avaliados por toda uma comissão e pela diretoria e foram aprovados. São jogadores de qualidade e eles vão continuar no clube já que tem contrato a cumprir. O Gareca mesmo dizia: ‘avaliem bem os jogadores que estamos indicando, porque eles vão vir com contratos longos e o da comissão é de um ano só, então pode ser que em um futuro próximo a gente não esteja mais aqui e eles vão continuar’”, explicou sobre as situações de Cristaldo, Mouche, Tobio e Allione.

O presidente fez questão de elogiar Gareca e disse que ele apneas não deu o resultado esperado no tempo necessário, mas que não tem dúvidas de que a longo prazo daria certo. Nobre ainda foi firme ao dizer que “o Palmeiras não vai cair por causa da força da torcida”.

Loading...
Revisa el siguiente artículo