Inter ganha e complica Palmeiras; líder Cruzeiro vence de virada

Por Tercio Braga
Jorge Henrique marcou o gol da vitória do Inter sobre o Palmeiras | Alexandre Lops/Divulgação Jorge Henrique marcou o gol da vitória do Inter sobre o Palmeiras | Alexandre Lops/Divulgação

Com um gol do ex-corintiano Jorge Henrique em falha do goleiro Fabio, o Internacional venceu o Palmeiras por 1 a 0 neste sábado, no Pacaembu, e assumiu a vice-liderança do Brasileirão.

O Colorado foi a 34 pontos e está a oito do líder Cruzeiro, que virou sobre a Chapecoense também neste sábado. Mas abriu cinco do Fluminense, quinto colocado e que neste domingo visita o Corinthians.

O Verdão vive situação complicada, está na 16ª colocação, com 17 pontos, e dificilmente termina a rodada fora da zona de rebaixamento – o Criciúma, 17º tem o mesmo número de pontos, o Bahia, 18º tem um ponto a menos e, Coritiba (19º) e Vitória (20º), têm dois pontos a menos.

O gol da partida saiu aos 19 do primeiro tempo e contou com a colaboração do goleiro Fabio. Após chutão de Dida, a bola foi desviada e pegou a zaga alviverde de surpresa. Esperto, Jorge Henrique saiu em velocidade. Fabio ficou na indecisão se saia ou não do gol e parou no meio do caminho. O meio-campista colorado deu um toque e marcou.

Gol do Inter, de Jorge Henrique, saiu na falha do goleiro Fabio, do Palmeiras | Alexandre Lops/Divulgação Gol do Inter, de Jorge Henrique, saiu na falha do goleiro Fabio, do Palmeiras | Alexandre Lops/Divulgação

As duas equipes voltam a jogar pelo Brasileirão no domingo, dia 7. O Inter recebe o Figueirense e o Palmeiras visita o Atlético-PR.

Antes, os dois times terão duelos decisivos. Depois de perder em casa por 2 a 0, o Inter visita o Bahia na quarta-feira para avançar na Sul-Americana.

O Palmeiras também vem de derrota em casa, para o Atlético-MG por 1 a 0, e agora precisa dar o troco na próxima quinta-feira para ir às quartas de final da Copa do Brasil.

Cruzeiro leva susto, mas vence e segue com folga

Líder do Campeonato Brasileiro com sete pontos de vantagem, o Cruzeiro recebeu a Chapecoense neste sábado para ampliar ainda mais sua liderança da competição. Contra um rival que luta na parte debaixo da tabela, a Raposa chegou a ser surpreendida quando sofreu o primeiro gol do jogo, mas em pouco tempo se recuperou e conseguiu sem dificuldades vencer por 4 a 2.

Apesar da maior posse de bola, finalizações e controle do jogo na primeira etapa, foi a Chapecoiense que foi para o intervalo em vantagem. Com um início de partida bem fechada, a equipe catarinense marcou aos dez minutos em um chute de longe de Zezinho, que desviou e tirou o goleiro Fábio do lance.

Mesmo tentando ir para cima, o Cruzeiro não conseguiu passar pela marcação adversária, mas isso mudou na segunda etapa e não precisou de muito tempo. Aos quatro minutos o zagueiro Léo empatou de cabeça. Bastaram dois minutos para a Raposa virar. Mayke cruzou e Marcelo Moreno testou firme.

O Cruzeiro seguiu pressionando mesmo em vantagem e aos 12 aumentou o placar. Em novo cruzamento de Mayke, o goleiro Danilo saiu mal e a bola sobrou para Alisson marcar. Em pouco tempo os mineiros mostraram porque são os líderes da competição.

Aos 24 minutos, Bruno Rangel diminuiu. O atacante recebeu e bateu no canto, dando esperança para quem torcia contra o líder, mas ela logo foi por terra. No minuto seguinte Marcelo Moreno voltou a balançar as redes. Ele fez seu segundo gol após mais um cruzamento da direita de Mayke.

Satisfeito, o Cruzeiro só administrou a partida até o fim. Com 42 pontos, a Raposa pode abrir uma vantagem de oito pontos. A Chapecoense tem 19 pontos e está em 15º.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo