Mano Menezes evita polêmica com Felipão

Por Nadia
Mano Menezes na época de Flamengo: técnico deixou o clube em plena disputa do Brasileirão e da Copa do Brasil / Divulgação/Flamengo Mano Menezes diz que não é necessário que técnicos se cumprimentem | Divulgação/Flamengo

É muito comum antes das partidas verem os treinadores das equipes envolvidas se cumprimentarem, mas isso não aconteceu entre Mano Menezes e Felipão, no duelo entre Corinthians e Grêmio, nesta quarta-feira, mas o comandante do Timão evitou entrar em polêmica por causa disso e falou que é natural isso acontecer.

“Não faço parte daqueles que querem fazer jornalismo polêmico. Muitos técnicos não se cumprimentam, outros se cumprimentam. É uma questão pessoal”, disse ele.

Mano Menezes também falou sobre a perda do atacante Paolo Guerrero para a próxima partida, já que o peruano acabou expulso no final da partida. Ele comentou que isso será recorrente no Brasileirão, mas não quer ver seus atletas perdendo a cabeça.

“Faz parte de um campeonato longo perder jogadores, seja por lesão ou suspensão e temos que ter a capacidade de passar por isso. O que não pode acontecer é a gente brigar quando está bem, em um momento bom do jogo que podíamos ter empatado o jogo. Vai servir para a maturidade do time, ainda não tínhamos passado por isso na competição e hoje aconteceu”, falou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo