"Poderíamos ter perdido de 10", dispara Daniel Alves

Por Nadia
Daniel Alves fará sua sétima temporada pelo Barcelona | juan Manuel Serrano Arce/Getty Images Daniel Alves fará sua sétima temporada pelo Barcelona | juan Manuel Serrano Arce/Getty Images

O vexame do Brasil na Copa do Mundo ainda repercute na vida dos atletas da seleção de Luiz Felipe Scolari. É o caso do lateral do Barcelona Daniel Alves, que era titular na equipe brasileira, mas com um mau desempenho perdeu o posto para Maicon nos últimos jogos e ficou de fora da primeira lista de Dunga.

“Não me incomoda (ficar fora da lista de Dunga) porque depois de uma Copa do Mundo sempre se buscam culpados e eu me coloco na linha de frente. Sou assim e às vezes isso pode ser bom, mas pode ser ruim também. Primeiro disseram (Felipão e Parreira) que eu iria jogar, depois me tiraram. Não entendi. Mas tenho que ficar preparado para aceitar o bom e o mau. Nosso time não foi bem preparado e encontramos um equipe que trabalhou bem, que nos deu uma lição sobre o que se deve fazer, uma equipe que tem a mesma base por seis anos”, respondeu o jogador ao seu questionado sobre como se sente por não ter sido convocado na primeira lista de Dunga  e citando as partidas que ficou de fora contra Alemanha e Holanda durante entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Para Dani Alves a goleada que o Brasil levou de 7 a 1 contra a campeã mundial Alemanha foi consequência da má preparação do time.

“Nós não tínhamos tanto trabalho assim e começamos com ideias diferentes. No fim levamos sete gols, mas poderíamos ter levado 10. Se aprendermos a lição poderemos competir nas próximas oportunidades. Se não aprendermos, podemos levar sete outra vez”, declarou o lateral.

Contratação de Douglas 

Na conversa com os jornalistas o jogador também falou sobre o recém-contratado lateral-direito Douglas que era do São Paulo e que é apontado como seu provável substituto.

“É um grande jogador. Os brasileiros têm uma grande história no Barcelona. Sempre que posso aconselhar digo que, se tiver duas opções, que fique com o Barcelona”, ressaltou.

Neymar

O lateral-direito falou sobre a adaptação do colega Neymar e disse que “ano passado ele foi bem, mas este ano será melhor. Cada vez ele se entende melhor com Léo (Messi) e com todos. Está mais integrado com a equipe e este ano será emocionante”, completou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo