São Paulo mira vaga no G4; Inter busca a liderança

Por Carolina Santos
Pato revê o Inter, time que o lançou ao futebol | Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Folhapress Pato revê o Inter, time que o lançou ao futebol | Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Folhapress

O São Paulo quer vencer o Internacional nesta quarta-feira, às 22h, no Beira-Rio, para entrar de vez no G-4 do Campeonato Brasileiro. Caso vença o Colorado – e o Fluminense não ganhe da Chapecoense –, o Tricolor entrará no grupo. O duelo terá início às 22h, com transmissão da Band (menos para o Rio Grande do Sul) e da Rádio Bandeirantes, BandNews FM e Bradesco Esportes FM, além de acompanhamento lance a lance do Portal da Band.

No fim de semana, o time de Muricy Ramalho terá mais um clássico pela frente: depois de vencer o Palmeiras por 2 a 1 no último fim de semana, o Tricolor receberá o Santos no próximo domingo.

“São jogos importantíssimos, ainda mais se tratando de um confronto direto. Pegaremos o Inter, que está um pouco na nossa frente. Ganhando, estaremos mais próximos. Depois, temos mais um clássico. Não tem jogo fácil”, afirmou o atacante Alan Kardec.

Contra o Internacional, o técnico Muricy Ramalho deve promover a estreia do lateral/meia Michel Bastos. Ele está relacionado para o confronto e pode ser utilizado como volante durante a partida, já que o time titular foi confirmado com a presença de Hudson.

Do lado do Inter, os colorados buscam chegar à sexta vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Diante de um ataque renomado, o segundo melhor da competição, o sistema defensivo do time gaúcho miram alcançar a sexta partida consecutiva sem sofrer gol. Ao todo, Dida saiu de campo oito vezes sem ser vazado neste Brasileirão.

Há, principalmente, a oportunidade para se distanciar do São Paulo, primeiro clube fora da zona de classificação da Libertadores, atualmente cinco pontos atrás dos colorados.

O objetivo principal, porém, é voltar a colocar pressão sobre o Cruzeiro. Uma vitória fará o time de Abel Braga voltar a passar uma noite na liderança do Brasileirão e obrigará os mineiros a pontuar diante do Grêmio, amanhã, para manter a ponta da tabela.

No elenco, porém, nada de pressão exagerada em busca da liderança do Brasileirão. “O campeonato não chegou na metade, então o mais importante é ganhar os jogos. A liderança agora não vai nos dar o título”, analisou o zagueiro Juan.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo