Fifa rejeita recurso, e Barcelona não poderá contratar em 2015

Por Nadia
Bartomeu, presidente do Barça, ficará duas aberturas de mercado sem poder contratar | Albert Gea/Reuters Bartomeu, presidente do Barça, ficará duas aberturas de mercado sem poder contratar | Albert Gea/Reuters

O Comitê de Apelação da Fifa rejeitou os recursos do Barcelona, na manhã desta quarta-feira (20), e confirmou que o clube catalão não poderá negociar jogadores nas próximas duas janelas de transferências, ambas em 2015.

A punição da entidade havia sido aplicada em abril deste ano por conta de transações irregulares envolvendo atletas menores de 18 anos. Na época, entretanto, o Barcelona conseguiu um efeito suspensivo e pôde realizar contratações normalmente.

Agora, segundo comunicado oficial publicado no site da Fifa, o clube está novamente proibido de transferir jogadores nas próximas duas aberturas do mercado, no início e na metade do ano que vem, sendo liberado da punição em 2016.

Além disso, a instituição determinou que o Barcelona deverá pagar multa de 450 mil francos suíços (cerca de R$ 1,1 milhão) e regularizar a situação dos jogadores menores de idade dentro de 90 dias, contando a partir desta quarta-feira.

Já a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) recebeu multa de 500 mil francos suíços (cerca de R$ 1,23 milhão) e terá um ano para alterar seu quadro de regulamentos e o atual sistema sobre transferência internacional de menores.

Apesar da sanção, o Barcelona poderá negociar atletas até o fim desta janela de transferências. Já foram contratados pelo clube os goleiros Marc-André Ter Stegen e Claudio Bravo, os zagueiros Jérémy Mathieu e Thomas Vermaelen, o meia Ivan Rakitic e o atacante Luis Suárez.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo