Judoca Rafaela Silva fala ao Metro sobre o Mundial deste ano

Por Tercio Braga
Rafaela Silva | Buda Mendes/Getty Images Rafaela Silva | Buda Mendes/Getty Images

A campeã mundial Rafaela Silva (categoria até 57 kg) será um dos principais nomes da delegação brasileira no Mundial de Judô, que começa em 25 de agosto, na Rússia.

O que mudou em sua vida após a conquista do ouro no ano passado?

Passei a ser mais visada pelas adversárias nas competições, mas também passei a ser mais reconhecida pelas pessoas nas ruas, dar autógrafos.

Como está a preparação para o Mundial deste ano? 

Estou me preparando muito forte. Participei do máximo de competições que pude para poder testar meu nível. Também tenho estudado muito as adversárias, analisando vídeos de lutas em outras competições. Acho que estou bem preparada e vou brigar pelo título mais uma vez.

Como os treinamentos realizados na Rússia e na Alemanha, neste ano, contribuíram não só para sua performance, mas para a de seus companheiros da Seleção Brasileira?

Rússia e Alemanha são países com tradição no esporte e muitos atletas de alto nível participaram dos treinamentos conosco. No judô, treinar com quem é tão forte ou mais forte que você é uma das maneiras de evoluir. Então, acho que todo mundo saiu desses treinamentos mais preparado do que entrou.

O que a torcida brasileira pode esperar da seleção nesta edição do torneio?

Uma seleção preparada e com muito vontade de vencer. Queremos manter o nível que apresentamos no mundial do ano passado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo