Robinho chega ao Brasil e ‘confirma’ volta ao Santos

Por Carolina Santos
Robinho vai receber cerca de R$ 600 mil mensais no Peixe | Reprodução/twitter Robinho vai receber cerca de R$ 600 mil mensais no Peixe | Reprodução/twitter

Robinho já está no Brasil para assinar contrato com o Santos. O atacante de 30 chegou na manhã desta quarta-feira ao país. E, embora o Peixe ainda não trate o acerto de forma oficial, o jogador tratou de cravar o retorno à Vila Belmiro.

Em sua conta no Twitter, Robinho não quis esperar o anúncio do clube. Postou uma foto beijando o escudo do Peixe e escreveu parte do hino alvinegro: “Com técnica e disciplina, dando o sangue com amor! Pela bandeira que ensina lutar com fé e ardor.”

O jogador deve assinar contrato nos próximos dias. Inicialmente, o compromisso será de um ano. Robinho vai ser emprestado pelo Milan sem custos. Contudo, ele poderá ser negociado antes do fim do contrato. Por mês, o Rei das Pedaladas deve receber R$ 600 mil de salário além de bonificações por venda de camisetas  e artigos esportivos.

Otimismo

Jogar ao lado de Robinho já deixa os jogadores do Peixe otimistas para a temporada. É o caso do atacante Leandro Damião: “Com certeza seria importante para qualquer um que estiver na frente, seja eu o próprio Gabriel. O Robinho é um grande craque, ídolo de muitos, mas não está confirmado. Viria para ajudar bastante, e seria uma grande pessoa para o grupo”, disse o camisa 9.

Atacante foi capitão do Peixe em 2010 | Ueslei Marcelino/Agif/Folhapress Atacante foi capitão do Peixe em 2010 | Ueslei Marcelino/Agif/Folhapress

Com o camisa 7, Peixe teve glórias

As duas passagens de Robinho pela Vila Belmiro geraram frutos importantes para o Peixe. Ao todo, foram 213 jogos, 94 gols e quatro títulos conquistados pelo camisa 7 no clube.

Entre 2002 e 2005, anos da primeira “Era” do jogador no clube, o Santos foi campeão brasileiro em 2002 e 2004. Robinho foi a grande revelação de 2002. Naquele ano, virou o Rei das Pedaladas por causa do drible aplicado diversas vezes no lateral Rogério, do Corinthians, na final.

No fim de janeiro de 2010, ele voltou ao clube, emprestado pelo Manchester City. Ficou até agosto e, com Neymar e Ganso, foi campeão estadual e da Copa do Brasil.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo