Palmeiras leva multa por danos ao Itaquerão; Timão é absolvido

Por Tercio Braga
Policial observa as cadeiras quebradas durante o clássico | Ale Vianna/Brazil Photo Press/Folhapress Policial observa as cadeiras quebradas durante o clássico | Ale Vianna/Brazil Photo Press/Folhapress

O Palmeiras foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva nesta quarta-feira a pagar R$ 50 mil de multa pelos objetos quebrados no Itaquerão no clássico disputado no dia 27 de julho. Ambos ficaram livres da punição de mando de campo.

Os dois clubes foram denunciados no STJD após torcedores do Palmeiras quebrarem 258 cadeiras e um secador de mãos, de acordo com vistoria feita no dia seguinte da partida.

Leia também
• Valdivia reaparece e volta a treinar no Palmeiras
• Em má fase no Brasileirão, Palmeiras encara o Avaí pela Copa do Brasil
• Ex-volante do Corinthians, Jucilei se torna cidadão palestino
• Corinthians terá força quase máxima contra o Bahia

Palmeiras e Corinthians foram enquadrados no artigo 213 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que fala em “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto”. Os times poderiam ser punidos com multas de até R$ 100 mil e perda de até dez mandos de campo.

Para se livrar da perda dos mandos, o Palmeiras afirmou que os danos causados não atrapalharam o jogo e já havia se prontificado a pagar qualquer prejuízo. O Corinthians disse que tomou todas as medidas para evitar a depredação.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo