Para Alan Kardec, São Paulo não pode mais perder pontos

Por Tercio Braga
Apesar de ter marcado, Kardec lamentou o empate com o Criciúma no domingo | Rubens Chiri/Divulgação Apesar de ter marcado, Kardec lamentou o empate com o Criciúma no domingo | Rubens Chiri/Divulgação

O São Paulo deixou o campo do Morumbi neste domingo sob vaias da torcida após o terceiro tropeço no Campeonato Brasileiro. O atacante Alan Kardec conversou com a imprensa nesta terça-feira e alertou para o desempenho da equipe no torneio que vem de duas derrotas e um empate nas últimas partidas após a Copa.

“Todos podem ver que o campeonato está bem equilibrado e temos que conquistar o maior número de pontos possíveis. Eu acho que a margem da perda de pontos já tinha passado do limite e nós acreditávamos que teríamos os três pontos dessa última partida e acabou não sendo possível. Temos que treinar”, declarou o atacante.

O São Paulo é o 7º colocado da tabela com 20 pontos, nove atrás do líder Cruzeiro. Kardec afirmou que nesta semana a equipe terá bastante treino e que ganha com reforços já que Antonio Carlos, Kaká e Osvaldo foram liberados para jogar e voltaram aos treinamentos nesta manhã.

Em entrevista exclusiva para o Jogo Aberto da Band, Kardec se mostrou abalado com a lesão do zagueiro Rodrigo Caio, que sofreu uma lesão no joelho esquerdo durante o empate com o Criciúma e deverá ficar em recuperação por oito meses.

“Estou triste porque produzimos muito na última partida, mas infelizmente o resultado não veio como queríamos. Independente disso, o que me deixou chateado e a toda a equipe foi a lesão do Rodrigo Caio. Porque ele é um jogador jovem, de muita qualidade, dedicado. Então acho que a parte mais triste de tudo isso foi a sua lesão”, lamentou.

Ele também falou sobre a estreia de Kaká no Morumbi, neste domingo. “Ele é um jogador experiente, inteligente e de uma qualidade tática indiscutível. Nos ajudou muito na partida contra o Goiás, conseguiu fazer um gol também e tenho certeza que dentro de casa fará muito mais.”

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo