‘Meio-campo fez o Corinthians crescer’, afirma Jadson

Por lyafichmann
Jadson já treina com o elenco do Timão desde terça-feira | Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians Jadson é o principal armador do Corinthians | Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

As peças da engrenagem no meio de campo do Corinthians estão bem encaixadas. O crescimento de produção de todo o time, especialmente do sistema no meio-campo, é um dos motivos pelos bons resultados do time após a pausa no Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo. Essa, ao menos, é a avaliação de Jadson, principal articulador das ações ofensivas da equipe de Mano Menezes.

“A equipe toda cresceu: a zaga, o meio e o ataque. Mas o meio ganhou um entrosamento muito bom. O Ralf, o Elias, o Petros e eu ganhamos entrosamento, e as coisas têm dado certo. Estamos conhecendo mais o outro e, graças a Deus, conseguindo bons resultados”, afirmou o camisa 10.

Desde a retomada do Brasileirão e da Copa do Brasil, o Corinthians venceu os três jogos que fez em Itaquera, além de um empate com o Vitória em Salvador. No meio, Mano passou a posicionar os meias mais abertos, o que tem dado ótima condição para o volante Elias chegar ao ataque.

A visão tática do treinador também foi alvo de elogios do meia: “O Mano é um cara que se comunica bastante e preza a parte tática, cobra posicionamento. Isso ajuda bastante nos jogos, porque você sabe o que vai fazer, sabe o que o companheiro vai fazer e, quando o companheiro domina a bola, você sabe como agir. Estamos fortalecidos.”

Ninguém viu

Wanderson está fora do Corinthians. O zagueiro de 23 anos, que chegou ao clube em setembro do ano passado vindo do Sertãozinho, terminou seu período de contrato e não vai continuar.

Provavelmente o torcedor não sabe de quem se trata. Wanderson  sofreu com lesões e não entrou em campo sequer uma vez durante o período.

Corinthians renova contrato de zagueiro Gil até o fim de 2018

O Corinthians acertou nesta quinta-feira a renovação de contrato do zagueiro Gil até o fim de 2018. O vínculo do defensor, que terminaria no fim do ano que vem, foi estendido por mais três anos.

Diretoria, jogador e seus representantes já haviam discutido os novos termos antes mesmo da parada para Copa do Mundo. O camisa 4, titular da equipe desde o início de 2013, havia pedido aumento no tempo de contrato e no salário. E foi atendido.

A regularidade, capacidade física e qualidades técnicas do jogador sempre foram elogiadas no Timão.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo