Corinthians e Palmeiras podem perder dez mandos

Por Tercio Braga
Policial observa as cadeiras quebradas durante o clássico | Ale Vianna/Brazil Photo Press/Folhapress Policial observa as cadeiras quebradas durante o clássico | Ale Vianna/Brazil Photo Press/Folhapress

O primeiro clássico da história do Itaquerão ainda rende. Após torcedores quebrarem algumas cadeiras da arena na vitória do Corinthians sobre o Palmeiras, por 2 a 0, no último domingo, a procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) denunciou os dois clubes e, com isso, eles correm o risco de perderem até dez mandos de campo, além de serem multados em até R$ 100 mil.

Corinthians e Palmeiras foram denunciados com base no artigo 213 de CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que fala sobre “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto; invasão do campo ou local da disputa do evento desportivo; ou lançamento de objetos de campo ou local da disputa do evento desportivo”.

Segundo o STJD, foram quebradas 258 cadeiras, no setor de visitantes, durante o clássico entre Corinthians e Palmeiras. A maior parte foi danificada após a partida, enquanto a torcida do Verdão aguardava uma escolta policial para deixar o estádio.

“Alguns chegaram a dizer, segundo a PM, para ‘colocar na conta do Nobre’ (atual presidente do Palmeiras), e pelo menos um torcedor se vangloriou do seu feito nas redes sociais”, disse o STJD, em comunicado oficial.

Por conta dos danos – os torcedores do Palmeiras também danificaram um secador de mãos de um dos banheiros do Itaquerão –, o clube alviverde terá de desembolsar cerca de R$ 45 mil para cobrir os gastos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo